Crítica | Dynasty Warriors (2021), inspirado nas franquias de games de sucesso da Koei

Imagem/divulgação
Imagem/divulgação

Análise crítica de Dynasty Warriors (2021), inspirado nas franquias de games de sucesso da Koei

Um dos filmes mais recentes do catálogo do streaming Netflix é Dynasty Warriors, baseado nos jogos de sucesso de mesmo nome e também no jogo Romance dos Três Reinos. Ambos são os grandes sucessos da Koei Tecmo. 

E, considerando exatamente esse sucesso, a empresa não perdeu tempo em investir também em um filme live-action. Entretanto, será que compensa assistir? Do que se trata? Venha descobrir!

Observando que não precisa ter jogado os jogos para entender o filme!

Ficha técnica

Título original: Dynasty Warriors

País de origem: China

Classificação indicativa: 16 anos

Disponível na Netflix

Diretor: Roy Chow Hin Yeung

Produtores: Albert Wing-Ho Lee, Chi-long To

Roteiro: Chi-long To

Sinopse oficial: 

Senhores da guerra, guerreiros e estadistas batalham pela supremacia neste conto de fantasia baseado nos jogos de sucesso e no Romance dos Três Reinos.  Netflix


Elenco:

Koo Louis como Lü Bu

Lau Carina como Master of the Sword Forge Castle

Wang Kai como Cao Cao

Yang Tony como Liu Bei

Han Geng como Guan Yu

Cheung Justin como Zhang Fei

Gulnazar como Diaochan

Lui Ray como Yuan Shao

Suet Lam como Dong Zhuo

Keung Philip como Zhang Jiao

Law Kar-ying como Lü Boshe

Cheung Eddie como Chen Gong

Wong Jonathan como Cao Ren

O enredo de Dynasty Warriors


Wang Kai como Cao Cao. Imagem/divulgação


"Um herói deve ter grandes ambições e boas intenções. Ele deve ser magnânimo e ter muita sabedoria." – Cao Cao

 

A dinastia Han está em declínio. 

As desavenças internas dão brecha para que líderes rebeldes se ergam e proclamem guerra contra o império. E o filme já começa com altas tretas e lutas! Zhao Jiao, o principal líder rebelde, trava uma batalha contra o general Dong Zhuo. O general acaba sendo salvo por Liu Bei e seus irmãos. Após essa batalha, Liu Bei percebe que a realidade é mais estranha do que ele pensava: a corrupção estava mais próxima do imperador do que qualquer um imaginava. 

Dong Zhuo sempre quis o poder para si e, para conter as rebeliões, ele chama o lendário guerreiro Lu Bu para lutar ao seu lado.

Agora Liu Bei, junto aos seus irmãos de consideração Guan Yu e Zhang Fei, deseja derrotar o usurpador e restaurar a dinastia Han. E eles contarão com a ajuda de um poderoso aliado: Cao Cao. 

São duas horas de filme, mas cheio de intrigas, traições e lutas do início ao fim. E nessa guerra, dá-se início à história do período dos três reinos!


O que torna esses heróis tão poderosos?

Han Geng como Guan Yu. Imagem/divulgação


O filme traz algo interessante: independente de sua origem, você pode se tornar um herói. Claro, é muito bom quando entidades notam a sua existência, mas realmente não depende de sua origem e sim da sua coragem. Conforme a regra da entidade, todos os heróis que chegam a ela estão destinados a serem heróis lendários – e ganham uma arma rara. Inclusive, Lu Bu foi o primeiro herói a se mostrar tão poderoso, possuindo uma arma que derruba facilmente vários inimigos. 

Cao Cao é o guerreiro predestinado pelos céus a salvar o mundo. Ele também recebeu uma arma rara e poderosa da entidade, o que o permite ficar ainda mais confiante. Por último, os três irmãos Liu Bei e Guan Yu e Zhang Fei também são presenteados pela entidade. 


Os jogos da Koei


Entre os jogos lançados pela empresa, a mais famosa franquia é Dynasty Warriors. A série de jogos de ação hack and slash é uma versão ficcional do texto histórico chinês Registros dos Três Reinos. O primeiro jogo foi lançado em 1997, e o seu sucesso rendeu um total de 9 jogos da saga principal além de alguns spin-offs. Em fevereiro de 2020, a série vendeu mais de 21 milhões de cópias em todo o mundo.

Dynasty Warriors é a franquia mais famosa no ocidente, mas não é a única da Koei! 

A franquia de jogos de estratégia Romance of Three Kingdoms foi lançada pela primeira  vez em 1985. Atualmente, o jogo Romance of Three Kingdoms XIV está disponível pela Steam

Foram justamente essas duas franquias que inspiraram o filme, ambas inspiradas nas histórias e na mitologia Chinesas. A inspiração na história clássica provavelmente foi o que mais chamou a atenção do público: aquela ideia de aprender um pouquinho de história enquanto se diverte.

Das franquias lançadas pela Koei Tecmo, minha favorita é Samurai Warriors, para a PlayStation. Outros jogos de sucesso foram Nioh, Nobunaga's Ambition e Warriors Orochi.


Considerações finais

Sinceramente, nada para reclamar do filme! Só elogios! O filme de ação e fantasia seguiu fielmente a história dos jogos, e nos simpatizamos com alguns personagens e odiamos outros. Além disso, todos os atores souberam cativar e fazer uma interpretação formidável. Os efeitos especiais eram lindos, os figurinos também…

Tudo é muito bem elaborado. 

A única ansiedade é que o filme acaba dando a impressão que terá continuação, mas quando ela será lançada? Aquela leve angústia de fã!

E lembro: não precisa ter jogado os jogos para entender o filme!

Leia também no portal da Revista Jovem GeekCrítica | Rebecca - A Mulher Inesquecível

Assista ao trailer oficial:



O que acharam da nossa análise crítica? Comentem!


Postar um comentário

0 Comentários

https://api.clevernt.com/0837e6a6-db3b-11eb-a592-cabfa2a5a2de/