Documentários sobre bastidores das animações do estúdio Disney

Que a Disney é um sucesso, isso, não resta dúvidas. São inúmeros filmes, séries e animações que estão nas listas dos mais assistidos. Com a chegada do novo serviço de streaming Disney+, que reúne atrações não só da Disney como de Star Wars, Marvel e Pixar. Também estão disponíveis no catálogo alguns documentário para quem quer conhecer um pouco mais dos bastidores e entender como a magia Disney funciona - acredite, por mais que o produto final seja espetacular, o processo nem sempre é. Confira:

O Despertar da Bela Adormecida


Lançado em 2010, o documentário com título original "Waking Sleeping Beauty" foi dirigido por Don Hahn, produtor de cinema indicado ao Oscar por melhor animação e mais conhecido por seus trabalhos em O Rei Leão e A Bela e a Fera. O longa conta com depoimentos de Tim Burton, Don Bluth, John Lasseter, Howard Ashman e Jeffrey Katzbenberg, entre outros. Ele é uma junção de vídeos arquivados, que mostra a década de 80 da Disney e como conseguiram passar por uma crise que precisou redefinir seu ambiente de animações. 

E nem tudo são flores. Nele, vemos as disputas e as brigas por conta de fracassos na bilheteria, chefes de estúdios brigando entre si e jovens tentando inovar contra profissionais mais experientes e que preferiam algo mais seguro e estável. 

Um exemplo clássico eram os embates de Roy E. Disney, sobrinho de Walt Disney que queria conduzir a empresa de uma forma, enquanto Michael Eisner, CEO do grupo Disney queria conduzir de outra forma. Jeffrey Katzenberg, como chefe da divisão dos filmes, queria passar uma visão de como deveria ser a empresa, Frank Wells como presidente da Disney queria outra. 

Foi realmente um período de renascimento e depois de todos esses embates, clássicos como Aladdin (1992) e A Pequena Sereia (1989) foram ao ar e se tornaram grandes referências para o cinema.

A História da Pixar

Fundada em 1980, como parte da Lucasfilm, a Pixar é um grande exemplo de empresa que conseguiu fazer sucesso e agora faz parte do conglomerado Disney. Conhecida pelas suas animações em 3D, o diretor Leslie Iwerks mostra através de depoimentos como alguns funcionários se destacaram e fizeram a Pixar ser o que é hoje. O filme cita funcionários como Ron Clements, John Lasseter, Brad Bird, John Musker e Steve Jobs, um dos empresários mais bem sucedidos do último século. 

Enquanto a Disney se recuperava de sua crise e retomava com lançamentos clássicos, a Pixar surge com Toy Story, em 1995, fazendo enorme sucesso. No livro "Nos Bastidores da Pixar", de Bill Capodagli e Lynn Jackson, é revelado em mais detalhes esse período de incerteza da Pixar, sem saber se o filme faria sucesso ou não e o quanto a história original mudou (o Wood, por exemplo, seria um vilão nas primeiras versões).

Mas o filme, como sabemos, foi um enorme sucesso e ganhou continuação em 1999, e logo em seguida, tivemos Vida de Inseto em 1998, Procurando Nemo em 2003 e Os Incríveis em 2004, além de muitos outros nomes que foram surgindo depois. Quem também aparece no documentário é Tim Allen e Tom Hanks, que contam que Toy Story 2 teve que ser refeito por inteiro de tantas mudanças que sofreu, e curiosidades para conseguir dublar personagens que hoje são ícones, como Woody e Buzz Lightyear

Howard – Sons de um Gênio

Também dirigido por Don Hahn, esse documentário de quase 2 horas tem como foco mostrar um pouco mais sobre Howard Ashman, grande compositor de sucesso das animações Disney e que trabalhou em clássicos como A Pequena Sereia, Aladdin e A Bela e a Fera. 

O interessante do documentário é que ele vai contando a história de vida de Howard desde que ele era mais novo e, através de depoimentos de amigos e parentes, a descrição de como ele era um garoto tímido até a fase adulta, suas decepções no universo do teatro e como chegou a ganhar um Oscar de Melhor Música junto a Alan Menken.

Infelizmente, ele descobriu seu HIV+ e faleceu, em 1991, aos 40 anos, e nunca conseguiu ver A Bela e a Fera finalizado, apesar de ter trabalho em seus últimos anos de vida na pré-produção da animação, por isso que o filme é dedicado a ele, em que dedicam a seguinte mensagem:

O filme foi dedicado a ele. “Ao nosso amigo Howard, que deu à uma sereia sua voz e a uma fera sua alma. Seremos eternamente gratos.”

É considerado um dos melhores documentários da Disney e um dos mais emocionantes, e vale a pena assistir e conferir. 

Postar um comentário

0 Comentários

https://api.clevernt.com/0837e6a6-db3b-11eb-a592-cabfa2a5a2de/