Você precisa assistir: Love, Death & Robots - Revista Jovem Geek

GeekNews

Revista Jovem Geek

O lado NERD da força.

quinta-feira, 21 de março de 2019

Você precisa assistir: Love, Death & Robots


A Netflix lançou na última semana uma antologia - conjunto de trabalhos de diversos artistas unidos no mesmo lugar - de animação, intitulada Love, Death & Robots.

São 18 curtas de animação, dos mais diversos estilos, entre o 2D e o 3D, e temas diversos, que transitam entre as três palavras do título. Temos curtas de terror, ação e de comédia. Num universo cyberpunk ou não, com robôs ou não, com romance ou não. Tem histórias que se passam na Terra, outras no espaço e outras são situadas em planetas distantes.

Tem de tudo um pouco e para todos os gostos!

Vale destacar que a animação de todos os episódios é muito bem feita. Tudo foi bem caprichado para não ter erros. Os curtas tem no mínimo seis minutos e no máximo dezessete minutos de duração, variando de acordo com os episódios.

E como em uma antologia de livros - que é de onde esse termo surgiu - cada obra funciona em separada da outra. Não existe uma grande história que une a todos, cada um deles tem seu próprio começo, meio e fim. Apenas a temática que une todas essas histórias.

Lembrando também que a classificação é 18+, pois sim contém muitas cenas de violência bem gráfica e sexo (esse segundo menos até) em alguns dos curtas. E até algumas dessas cenas achei bem desnecessárias, especialmente algumas de nudez. 



Vale destacar, na minha humilde opinião, os episódios que mais me chamaram a atenção. Vou citar três para não estragar a experiência, porque tem mais alguns além dos que citarei aqui.

O episódio Ajudinha, que é sobre uma astronauta que sofre um acidente durante um trabalho em órbita. Ela tem que fazer algo para sua vida.

Eu adorei a tensão que houve durante o curta. Eu fiquei aflita assistindo!


O episódio 13, Número da sorte, que é sobre uma piloto de nave que como uma novata recebe a nave mais azarada para pilotar e já logo recebe uma missão onde deve levar uma tripulação para a missão e por sorte dá tudo certo. E dai segue um dos curtos que achei tem uma das melhores construções de enredo.




Por último, tem o episódio que confesso ser o meu favorito: Os Três Robôs.

Trata-se de três robôs que fazem uma excursão e visitam onde os humanos costumam viver. É a ideia mais simples, mas é um dos curtas mais engraçados. Eu terminei de ver já querendo ver de novo. Até porque a melhor parte são as vozes robóticas conversando e em como as personalidades deles se difere. Sério, é muito divertido!



Todos os episódios são ótimos, mas claro, tem uns que se destacam em meio a outros, assim como acontece com qualquer antologia.

Vale a pena sim dar uma conferida em Love, Death & Robots. Um dos destaques da Netflix neste ano, com certeza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário