BRUXAS ATRAVÉS DOS TEMPOS - Revista Jovem Geek

NerdNews

Revista Jovem Geek

Venha para o lado nerd da referência.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2019

BRUXAS ATRAVÉS DOS TEMPOS














As bruxas são seres que permeiam a mente humana desde a Idade Moderna (1453-1789), com uma imagem marcante de uma senhora velha cheia de rugas espalhadas pelo corpo, pele enrugada, um nariz tão grande que mal cabe no rosto e detentora de Magia Negra, apareceu em contos de fada como uma senhora em João e Maria que prendeu os irmãos para depois colocá-los no forno e em Branca de Neve quando a Rainha Má assume essa imagem para entregar uma maçã envenenada para a pobre donzela.

Quando as bruxas começaram a surgir no imaginário popular, os magos e feiticeiras já eram conhecidos e possuíam habilidades bem distintas entre si, os magos na antiguidade eram homens ligados a nobreza com grande conhecimento em alquimia, teologia, filosofia e outras áreas das ciências sociais e da natureza. Já as feiticeiras tiveram popularização na Idade Média (séc. V – XV), dominavam o uso da medicina natural e possuíam uma vasta sabedoria sobre tudo que envolvia a natureza. Enquanto isso, na Idade Moderna, as bruxas eram as mulheres que a Igreja considerava membros de seitas demoníacas e tinham pactos com o Diabo, muitas mulheres foram perseguidas e mortas na Inquisição através de torturas ou na fogueira em praça pública. Esse tempo ficou intitulado como “Caça às Bruxas” sendo que a partir do século XX o termo passou a ser usado para qualquer movimento político ou popular que era perseguido por meio da violência física.

A perseguição às bruxas é conhecido mundialmente pelo período de 1692 e 1693 em Salem (Massachusetts, EUA), tudo começou com a filha de nove anos e a sobrinha de onze anos do Primeiro Ministro da região, Samuel Parris, elas apresentavam comportamentos estranhos: se contorciam, arremessavam objetos e gritavam aparentemente sem razão. Portanto um médico foi chamado que as diagnosticou como vítimas de bruxaria, fazendo com que as meninas acusassem três mulheres: a escrava do ministro, Tituba, uma moradora de rua, Sarah Good e uma idosa, Sarah Osborne.

Tituba foi a única a confirmar que tinha feito pacto com o Diabo e que havia outras bruxas espalhadas por Salem, isso levou a uma onda de medo que só piorou quando Martha Corey foi acusada de bruxaria, o pensamento da cidade era que como ela sendo uma cristã ativa na Igreja poderia ser uma possível bruxa então qualquer pessoa também poderia estar envolvida com esse tipo de atividade. Dessa forma em maio de 1692 o governador criou um tribunal para os casos de bruxaria, mais de 200 pessoas foram acusadas e 20 mortas, a primeira mulher enforcada por ordens deste tribunal foi Bridget Bishop que foi acusada de bruxaria por ser fofoqueira e promiscua.

Atualmente a perseguição às mulheres consideradas bruxas acabou, mas elas ainda permeiam os filmes, livros e séries produzidos, sua imagem não é mais apenas de uma velhinha enrugada e cheia de verrugas, elas possuem várias aparências e se mesclam com as feiticeiras por, muitas vezes, também possuírem conhecimentos da natureza. Na verdade, os termos antes tão distintos se mesclam de forma que o que era especifico do homem e da mulher não existe mais, agora existem bruxos e bruxas, magos e magas, feiticeiros e feiticeiras. Esses seres se tornaram tão famosos que é impossível não achar uma história em meio de tantas que não prenda o telespectador no sofá do início ao fim o deixando assustado, intrigado e até mesmo maravilhado com seus poderes, pensando nisso este é o top 3 das melhores séries de bruxaria.


Salém:




Baseado na perseguição as bruxas de Salém em 1692 a 1693 a série conta a história de Mary Sibley, que é casada com um membro do conselho da cidade, e John Alden, que era a antiga paixão de Mary antes de deixar a região para ir para a guerra. Ele volta depois de dez anos e encontra um local tomado pelo medo e pela crença de bruxas em que mulheres eram queimadas e enforcadas a qualquer sinal que julgassem como possessão demoníaca. A série tem três temporadas recheadas de sangue e atuações brilhantes como a de Janet Montgomery (Mary Sibley), é uma programação imperdível para quem gosta de algo mais sombrio com um requinte de reflexão sobre a linha tênue que divide o bem do mal.
Assista no site:http://www.thenightseries.net/salem/


O Mundo Sombrio de Sabrina:




Para quem não conhece, Sabrina foi a bruxinha mais amada da televisão na década de 90, com o nome “Sabrina, the Teenage Witch” a série tinha uma pegada adolescente e divertida. Em 2018 a Netflix lançou em sua plataforma uma versão diferente da Sabrina que conhecemos, baseado na HQ de mesmo nome fomos apresentados a uma versão mais sombria da bruxinha. Vivendo entre o mundo dos mortais e o mundo das bruxas, Sabrina Spellman nos presenteia com impulsividade, amor e muito sangue.


Charmed:




Charmed é uma série com oito temporadas exibida de 1998 até 2006, conta a história de três irmãs que vivem uma vida normal até que um belo dia ganham poderes mágicos descobrindo que todas as mulheres de sua família eram bruxas que salvavam as pessoas de demônios, os principais poderes de cada uma era: paralisar o tempo; telecinesia e premonição, e ao longo das temporadas esses poderem vão evoluindo e outros aparecem. Prue, Piper e Phoebe Halliwell juntas formam o mais forte poder do bem já visto, fazendo elas serem conhecidas pela comunidade mágica como “Charmed Ones” (Encantadas), juntas emocionam e divertem o público enquanto tentam equilibrar a bruxaria com emprego, faculdade e romances.

Baixe legendado em: https://www.seriesintorrent.com/2013/12/charmed-1a-a-8a-temporadas-completas-legendadas/


Esse top 3 é perfeito para assistir naqueles dias nublados que a chuva não decide se cai, acompanhado de pipoca e refrigerante, é uma maratona de séries que os amantes da bruxaria não se arrependerão em fazer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário