O que Você Precisa (ou não) Assistir para Ver Doutor Estranho: No Multiverso da Loucura

(ATENÇÃO!! Esse artigo contém spoilers dos filmes e séries da Marvel lançados até então, fique atento!!)


Doctor Strange and the Multiverse of Madness – Hora dos Nerds    
(foto:divulgação/Marvel Studios)
  
     O já consolidado
Universo Cinematográfico da Marvel (UCM), a esta altura, está indo além dos filmes e indo para a televisão em formato de série, com vários episódios de duas horas cada um. Com as adições mais recentes no catálogo, além de tudo, o Universo agora tem suas próprias séries dentro da "série" principal, que seriam os filmes.

    A escolha pela cada vez maior expansão do universo, porém, torna os filmes (e as séries) cada vez mais interdependentes uns dos outros, o que exige do espectador uma atenção especial se ele quiser entender tudo que acontece em cada nova produção que lhe interessa. Ao mesmo tempo que é uma técnica de marketing bem-sucedida e que engaja os fãs na empreitada, para outros espectadores mais casuais ela pode soar agressiva e desleal, porque os “obriga” a assistir o resto dos filmes, que já são sabidamente formulaicos e feitos para que outros possam ser produzidos em seguida. Essa aqui é, talvez diferente das outras, uma seleção para esses dois tipos de pessoa. Enquanto espectador casual, aqui você encontra o essencial por escrito. Enquanto espectador hardcore, você encontra obras para se aprofundar no universo do cinema, e, quem sabe, pegar umas referências aqui e ali.

Antes de qualquer coisa, o trailer do
filme, que estreia em maio:

(vídeo:divulgação/Marvel Studios)

1. Wandavision (2021)

    A Feiticeira Escarlate, personagem também do novo filme, surgiu em Vingadores: Era de Ultron (2015) como vítima de experimentos realizados com a Joia da Mente, junto com seu irmão, Mercúrio. A morte de Mercúrio e a criação de Visão, no filme de 2015, e sua consequente paixão pelo portador da joia da mente (que se tornou o combustível artificial para que Visão continuasse vivo) moldaram a personagem até que, em Vingadores: Guerra Infinita, Visão fosse assassinado por Thanos.

    Por não aceitar a morte do companheiro, em Wandavision a Feiticeira forja para si uma realidade alternativa em uma cidade do interior dos Estados Unidos em que ele está vivo, na tentativa de lidar com sua perda. A apresentação de personagens como a bruxa Agatha Harkness e o desenvolvimento mais contido do mundo cósmico e magias da Marvel pavimentaram o terreno para o que será apresentado no filme deste ano.

    
Wanda, a Feiticeira Escarlate, e Visão (foto:divulgação/Disney+)

2. Eternos (2022)

    O conhecimento sobre os Eternos, humanoides imortais que lutam por séculos contra os Deviantes, uma raça alienígena que é naturalmente agressiva, pode ser bem-vindo para No Multiverso da Loucura.

    A apresentação deles e dos seres cósmicos conhecidos como Celestiais pode ser útil, porque a possibilidade de um dos Eternos ou um Celestial aparecerem é alta, porque, bem, se em Doutor Estranho(2014) nós tivemos a criatura cósmica Dormammu, e em Guardiões da Galáxia: Vol.2 (2017) conhecemos o Celestial Ego, quem sabe não conheceremos mais sobre os próprios Celestiais ou Deviantes no filme?


(vídeo:divulgação/Marvel Studios)

3. Loki (2021)

    Em Loki, o que acontece é a abertura do Multiverso, que dá o nome, adivinhem só, para o filme que dá o título da matéria, tamanha a importância dos eventos da série para o UCM como um todo. Ela acontece depois que, em Vingadores: Ultimato os heróis deixam o Tesseract (a Joia do Espaço, basicamente) escorregar para as mãos de um Loki acorrentado nos eventos de Vingadores(2012) em Nova York, o que o faz escapar… mas não por muito tempo.

    A TVA, agência que foi criada para a manutenção de uma única linha temporal (a Linha Sagrada), logo captura o protagonista, que na sede do lugar conhece outras variantes dele próprio e de outras personagens capturadas também pela mesma agência de ares policialescos. No episódio final, essa única linha temporal é quebrada em várias outras, e então, como consequência, são geradas infinitas possibilidades, sem mais contenção pela TVA. Isso tem como consequência indireta os eventos de Homem-Aranha: Sem Volta para Casa(2022), por exemplo, e agora os eventos de No Multiverso da Loucura, porque o encontro entre várias linhas do tempo tornou-se possível.

Refilmagens de "Doutor Estranho 2" são inspiradas por novo "Homem-Aranha" e  "Loki"
As variantes de Loki(Foto:divulgação/Marvel Studios)

4. ‘What If?’

    Peggy Carter como capitã América, Vingadores zumbis, T’challa senhor das Estrelas… enfim, um multiverso de possibilidades. Essa série em animação que brinca com “o que poderia ter sido” provavelmente não terá papel fundamental no filme, mas, como já vimos no trailer, antecipa personagens que aparecem nele, como o Doutor Estranho zumbi e aquele Estranho sinistro. Também não é descartada em teorias a aparição do Vigia, personagem que, já diz o nome, só observa, e aparece observando os eventos de What If também.

Every What If...? Episode Ranked from Worst to Best
(foto:divulgação/Disney+)

Reparem no 1o Vingador zumbi e no Doutor Estranho sinistro! 

E aí, qual dessas séries você já assistiu?

Esqueci algum na lista? Comenta aí :)

Postar um comentário

0 Comentários

https://api.clevernt.com/0837e6a6-db3b-11eb-a592-cabfa2a5a2de/