O Anime Frankenstein – "Black Clover"

Black Clover é uma daquelas obras que dividem opiniões. E se no começo do anime a maior parte das críticas eram negativas, hoje as opiniões positivas parecem ter tomado a dianteira. Com o desenrolar dos episódios o anime conseguiu “converter” uma boa quantidade de haters em fãs e hoje já desfruta do seu espaço no coração dos exigentes amantes de desenhos japoneses. Mas a questão aqui é: Black Clover é bom?

A obra escrita e ilustrada por Yuki Tabata, acompanha Asta, um jovem nascido sem nenhum talento para magia vivendo em um mundo onde a magia é tudo. 

Na época de seu lançamento o anime recebeu muitos comentários negativos, alguns por conta de seu roteiro pobre, outros pela animação fraca, mas principalmente pelos gritos irritantes do protagonista. Desde então virou senso comum dizer que Black Clover era um anime “RUIM”.

Logo de início percebemos uma quantidade gigantesca de semelhanças entre Black Clover e diversos outros animes do gênero Shonen. Podemos até dizer que os animes desse gênero costumam ser parecidos, porém na maioria daqueles que fazem grande sucesso temos um algo a mais, um diferencial que não encontramos na obra logo de cara.

Asta é órfão, viciado em treino, comilão e burro que nem uma porta. Provavelmente você já viu algum ou alguns personagens com essas características. Além disso, o protagonista sonha em se tornar o “Rei Mago” e provar que até ele, um mero plebeu, pode chegar ao lugar mais alto do reino (te lembra algum anime?).

Quando se torna um cavaleiro mágico, Asta entra para o esquadrão dos Touros Negros. Um esquadrão muito barulhento, repleto de brigas e cheio de pessoas problemáticas (te lembra algum anime?). Os membros do esquadrão passam a ser personagens recorrentes da obra e acabam se tornando um grande problema. Se você procurar por um tutorial de como criar personagens marcantes sempre vai se deparar com alguma dica dizendo que os seus personagens precisam ter algum hábito ou toc, para que sejam lembrados pelo público. O autor deve ter lido um desses tutoriais e levado ao pé da letra a dica. A maioria dos membros dos touros negros têm hábitos extremamente irritantes. O Asta, por exemplo, passa o tempo inteiro gritando, enquanto o Gauche está sempre falando de sua irmã mais nova e Luke chamando todo mundo para lutar. É realmente difícil tolerar o esquadrão mais insuportável do mundo.

A rivalidade entre Asta e Yuno é forçada desde o primeiro episódio. Yuno tem destaque em praticamente todas as aberturas e encerramentos, mesmo quando não está presente no arco em questão. O Yuno é mais um grande problema, vai ser difícil achar um rival tão sem sal quanto ele.


Calma, calma, se você é fã de Black Clover já deve estar louco para me xingar nos comentários. Ainda não acabou. Eu costumava definir Black Clover de forma pejorativa como o anime Frankenstein, pois era uma mistura de elementos de várias obras que formavam uma monstruosidade.

Com o passar do tempo o anime acabou conquistando o público. As pessoas mudaram de opinião e até mesmo eu que me forcei a não gostar da obra, acabei ficando ansioso pelos novos episódios. E o grande motivo da mudança foi a persistência. A obra não passou por nenhuma grande reviravolta e mesmo assim conseguiu mudar os paradigmas que a assolavam. O autor e toda a sua equipe permaneceram acreditando na obra que se desenvolveu juntamente com os personagens que se tornaram mais agradáveis e melhores. 

Os personagens insuportáveis se desenvolveram ao ponto de serem admiráveis. Noelle e Finral são os grandes exemplos disso. A garota insegura que vivia utilizando o fato de ser da realeza para se sobressair, nos mostrou suas feridas e dores e se tornou uma mulher madura e forte. E o cara que vivia dando em cima de todas as garotas e fugindo do trabalho, demonstrou ser um ótimo amigo com quem todos podiam contar. Até mesmo a animação de qualidade duvidosa teve momentos bons. As aberturas, encerramentos e toda a trilha sonora sempre foram o ponto forte do anime e permaneceram em um excelente nível.

Continuo achando que Black Clover é um anime Frankenstein, mas não de forma pejorativa. Assim como o monstro da ficção cientifica, a obra também é uma junção de vários elementos, mas que conseguiu ter vida própria e andar sozinho.

A resposta à pergunta feita no início do texto é sim, vale a pena persistir assistindo o anime e como já diria Asta: A magia de Black Clover é não desistir jamais!

Atenção: Esse texto não reproduz a opinião da Revista Jovem Geek, mas sim do colunista responsável pela matéria. 

Postar um comentário

0 Comentários