5 séries da Netflix que são muito Disney

 

    Foto: Clara Luz

As vezes nosso dia a dia é capaz de ser tão pesado e estressante que ao final de cada semana só queremos assistir algo para descontrair e relaxar. Há muitas opções para se escolher nos diversos catálogos e plataformas de streaming disponíveis, desde filmes de fantasia até séries cheias de ação. Mas, em alguns momentos a vontade de voltar a ser uma criança bate e tudo que você quer é almoçar em frente à televisão e assistir algumas das séries ou filmes Disney.

Porém o tempo passou e, vamos combinar, você provavelmente já assistiu todos os episódios de Hannah Montana ou Zack e Cody: gêmeos em ação. O desejo por algo que seja antigo e novo ao mesmo tempo habita dentro de você e entra em conflito.

É por esses motivos e outros que preparamos essa lista com cinco séries da Netflix que são muito Disney. Para quando você estiver com a cabeça cheia ou apenas querendo relembrar os momentos em que era feliz e não sabia, possa relaxar e assistir algo que é novo e nostálgico ao mesmo tempo

1. Alexa & Katie

Essa é a historia de Alexa (Paris Berelc), uma garota ansiosa para seu primeiro dia de aula como uma estudante do ensino médio. Contudo, ela está passando por um tratamento de câncer e precisará enfrentar várias situações complicadas. Mas Alexa não está sozinha, ela e sua melhor amiga Katie (Isabel May), enfrentarão juntas todos os obstáculos que a vida jogar nelas, sempre com um pouquinho de confusão. 

É uma série animada e divertida que ao mesmo tempo consegue tratar de assuntos mais sérios como a luta contra o câncer. As meninas são muito cativantes e protagonizam juntas diversas cenas engraçadas e emocionantes que conquistam o público.


2. Reunião de Família

Quem não gosta de uma boa comédia em família para assistir com a sua própria ou até mesmo sozinho? Se você gosta desse tipo de contexto narrativo, então Reunião de Família é a sua escolha perfeita. A série equilibra um tom humorístico com assuntos como racismo, religião, paternidade, maternidade e as diferenças entre gerações . É uma produção que lembra a série As Visões da Raven.

A história gira em torno da família McKellan que se muda de Seattle para a Geórgia. Agora, eles terão que se adaptar à nova vida no sul dos Estados Unidos e aos avós conservadores, ao mesmo tempo em que lidam com os seus próprios problemas.
 

3. Julie and The Phantoms

De toda a lista, essa é a que combina melhor nostalgia, Disney e novidade. A produção é um remake de Julie e os fantasmas, série brasileira exibida na Bandeirantes e na Nickelodeon entre 2011 e 2012. Não só isso, o produtor executivo Kenny Ortega, responsável por High School Musical e Descendentes, é o diretor! Diferente de suas antigas produções, Julie and the Phantoms traz não só diversão, mas também diversidade para a tela que, juntamente com  as músicas boas e coreografias cativantes, conseguem conquistar o público.  

A história segue Julie, uma garota que a um ano perdeu a mãe e, com isso, a vontade de fazer música. Até que um dia em sua garagem ela coloca o CD de uma banda dos anos 90 para tocar e, do nada, três fantasmas aparecem em sua frente. Reggie, Luke e Alex são os integrantes da banda Sunset Curve e estavam prestes a fazer sucesso quando morreram. Mas sabem o que é mais estranho? Quando eles e Julie tocam juntos o público é capaz de ver e ouvir os meninos. Então, os quatro decidem montar uma banda e voltar a arrasar o coração da plateia.
  

4. O clube das Babás

A série O Clube das Babás é baseada nos livro de Ann M. Marting, lançado entre 1986 e 2000. A série conta a história de um grupo de amigas que se reúne para montar um clube de babás. Elas cuidam das crianças de outras pessoas ao mesmo tempo que crescem e descobrem mais sobre a própria vida e quem querem ser.

É uma série mais light do que as outras, pois se passa na visão de garotas do fundamental tentando descobrir quem são e o que querem trazer para o mundo. Diferente das outras séries indicadas nessa lista, O Clube das Babás traz sim questões reflexivas, mas não atribui tanto foco ou peso à elas, são mais dilemas do cotidiano das crianças. Porém, é uma boa série para passar o tempo e relaxar. 


5. Ashley A de Amor

Sabe aquela clássica história da garota gênio que conhece o nome de todos os minérios espaciais possíveis, mas não tem ideia de como a sociedade dentro de uma escola de ensino médio normal funciona? Bom, essa é basicamente a premissa de Ashley A de Amor. Ao elevar todos os clichês de um drama adolescente comum e atualizar as referências pop nas piadas,  a série consegue trazer um ar fresco para um modelo de narrativa a muito conhecido.  

Ashley é um gênio, ela é PHD em robótica e matemática, trabalha em uma empresa onde constroem robôs para serem enviados à Marte e tem só 15 anos. Por causa de sua mãe controladora, a garota nunca pode aproveitar a vida normal de uma adolescente. Ela então se muda para Pasadena e começa a morar com seu tio Victor, onde aprenderá mais sobre a sociedade e o dia a dia de um jovem comum, ou quase.


É sempre bom se desligar um pouco da realidade e reconectar-se com sua criança interior. Esse tempo de descontração é importante para todos e saber que tem séries capazes de possibilitar esses pequenos momentos no nosso cotidiano é muito importante.

Além de que, todos lembram bem como era divertido assistir as séries da Disney quando criança  e como elas marcaram nossa infância. Ter séries que mostram representatividade em tela, falam sobre respeito e ensinam um pouco sobre a sociedade é essencial para a nova geração de crianças e adolescentes que estão chegando e consumindo cada vez mais produtos dos streamings. 

Claro, nada impede nós, eternas crianças, de também aproveitarmos essas séries divertidas e diferentes! 

Então, qual dessas séries você já assistiu? Achou alguma interessante que queira ver? Sabe de alguma que ficou faltando? Deixe nos comentários! 

Matéria em parceria com Clara Luz

Postar um comentário

0 Comentários