1923: O início do estúdio, do camundongo e da magia Disney


A Disney reina soberanamente no mundo e influencia muitos setores do mercado de trabalho, em especial de comunicação social e entretenimento. Tudo isso através da infinita magia que nos toca. Consumimos Disney o tempo todo. Seja com móveis, eletrodomésticos, vestimentas, entretenimento geral e até mesmo em ensino educacional.

Sejamos sinceros, quem não cresceu assistindo aos mais clássicos filmes animados da Disney e não se emocionou, melhor dizendo, se emociona até hoje vendo e revendo? É algo completamente inevitável. Como não se emocionar crescendo com animações incríveis como O Rei Leão, A Bela e a Fera, Aladdin, A Pequena Sereia? Ou atuais como a franquia Frozen e, claro, até algumas obras mais antigas como Cinderela e Branca de Neve e os Sete Anões?


Mas você sabe a história por trás de toda essa magia? Quem foi Walt Disney? E Roy Disney? O famoso camundongo Mickey Mouse veio antes ou depois da Branca de Neve? Ficou com essas perguntas na cabeça, não é? Não se preocupe, nós respondemos tudo isso e muito mais.

Para isso, vamos voltar ao passado, fazer uma breve viagem no tempo...

Walter Elias Disney, ou Walt como ele mesmo preferia, nasceu em Chicago e cresceu numa fazenda em Marceline, no Missouri, onde sonhava com dias melhores e com a magia e brincadeiras que raramente conseguia ter devido o "crescimento" que precisou ter para ajudar sua família e os castigos severos de seu pai.

Quando atingiu a idade adulta, matriculou-se na Kansas City Arts School, se dedicando à arte que tanto admirava. Conseguiu algumas oportunidades em agências publicitárias e também em uma companhia cinematográfica onde fazia cartazes de filmes.


Mais tarde, com seu irmão Roy Oliver Disney, investiram em uma nova empreitada: um estúdio de animação. Enquanto Walt era a mente criativa, Roy era a mente lucrativa por trás de tudo. Ele cuidava dos investimentos do estúdio, dos pagamentos aos animadores contratados e Walt supervisionava todo o conteúdo que seria exibido para as telas dos cinemas.

O estúdio chamava-se Laugh-O-Gram Films, que obteve sucesso por uma série de curtas que misturava animação com Live-Action inspirada em Alice, personagem original de Lewis Carroll, intitulada de Alice's Wonderland. A atriz que interpretava Alice era Virginia Davis onde na trama, interagia com personagens animados no mundo da imaginação.

Outro personagem de sucesso que encantava crianças e adultos era Oswald, o coelho sortudo. Porém, após problemas de salário de Walt com os animadores, o personagem foi para um estúdio adversário, onde obteve os direitos, deixando Walt à mercê, deixando-o mais fechado em relação às pessoas, pois ele os via como familiares próximos e íntimos e não suportava traições.

Roy não sabia o que fazer com aquele acontecimento, mas Walt disse para ele não se desesperar, pois havia um novo personagem em mente que faria ainda mais sucesso e que competiria com o Gato Félix, que estava em alta na época. Foi quando surgiu Mickey Mouse.

Após o fechamento do estúdio já falido, Walt e Roy resolveram morar em Los Angeles, e se enturmar em Hollywood, a terra do cinema. Foi quando visitando sets de outros estúdios, fizeram empréstimos em alguns bancos e abriram seu próprio estúdio: a Disney Brothers Animation Studios, conhecida hoje por The Walt Disney Company.

Apesar do ocorrido com o estúdio antigo, apenas um animador ficou ao lado de Walt e ajudou neste novo estúdio, Ub Iwerks, que desenhou o camundongo mais famoso e carismático da Disney.

O personagem foi um verdadeiro sucesso de público, crítica e também comercial. As pessoas se apaixonaram por aquele personagem e seu universo. Foram vários curtas, longas, séries, mochilas, fantasias, livros, brinquedos, acessórios, roupas, etc.

O estúdio Disney virou uma febre e todo esse esforço durou por muitos anos, como dura até hoje com eternos personagens, mas principalmente Mickey Mouse o qual sempre conquistará a todos com suas aventuras animadas que encanta, diverte e emociona gerações.

Postar um comentário

0 Comentários