Especial Semana da Mulher: 30 nomes revolucionários!!




1- Amelia Earhart (1897-1939)

Foi pioneira na aviação dos Estados Unidos, autora e defensora dos direitos das mulheres. Earhart foi a primeira mulher a voar sozinha sobre o Oceano Atlântico. Além de estabelecer diversos outros recordes, escreveu livros sobre suas experiências de vôo e foi essencial na formação de organizações para mulheres que desejavam pilotar.


2- Marie Curie (1867-1934)

Polonesa, cientista e física, essa brilhante mente conduziu pesquisas pioneiras, por todo o mundo, no ramo da radioatividade. Foi a primeira mulher a ser premiada com um Nobel e a primeira e única pessoa a ganhar o prêmio duas vezes.



3- Junko Tabei (1939-2016)

Foi a primeira mulher a atingir o cume do Monte Everest em 16 de maio de 1975. A alpinista também foi a primeira mulher a escalar os sete cumes.



4- Eleanor Roosevelt (1884-1962)

Foi defensora dos direitos humanos e impulsora da cartas de liberdade de 1948 (declaração universal dos direitos do homem).



5- Valentina Tereshkova (1937 - dias atuais)

Primeira cosmonauta mulher a ter ido ao espaço em 16 de junho de 1963.




6- Benazir Bhutto (1953 - 2007)

Foi a primeira mulher, na política paquistanesa, a ocupar o cargo de chefe de governo de um país de maioria muçulmana.



7- Mae Carol Jemison (1956 - dias atuais)

Médica e ex astronauta norte-americana, ela foi a primeira mulher negra a ir para o espaço na missão STS-47 que orbitou a Terra do dia 12 ao dia 20 de setembro de 1992.


8- Edith Wharton (1862-1937)

Escritora e romancista americana, ela foi a primeira mulher a vencer o Prémio “Pulitzer de Ficção”, em 1921, pelo romance The Age of Innocence. Foi também a primeira a receber um doutoramento "honoris causa" pela Universidade de Yale.


9- Janet Guthrie (1938 - dias atuais)

Ex-automobilista e a primeira mulher a se classificar e competir nas 500 milhas de Indianápolis e 500 milhas de Daytona.


10- Margaret Sanger (1879-1966)

Foi uma enfermeira feminista que defendia o uso do controle de natalidade e do planejamento familiar. Sanger foi a responsável pela popularização do termo "birth control" nos Estados Unidos, abrindo o primeiro centro de planejamento de natalidade norte-americano, além de outros estabelecimentos ligados à organização “Planned Parenthood Federation of America”.



11- Grace Hopper (1906-1992)

Foi uma analista de sistemas da marinha dos EUA nas décadas de 40 e 50.
Desenvolveu a linguagem de programação Flow-Matic a qual serviu como base para a criação do COBOL (Common Business Oriented Language), usado até hoje em processamento de bancos bancos de dados comerciais. Ela também é apontada como criadora do termo “Bug”, utilizado até os dias atuais.


12- Mary Edwards Walker (1832-1919)

Foi a primeira mulher a ser comissionada como médica-cirurgiã do exército dos EUA durante a Guerra de Secessão e a ser autorizada pelo Congresso a  fazer uso de roupas masculinas.


13- Helen Keller (1880-1968)

Foi a primeira pessoa surda e cega da história a conquistar um bacharelado. Keller também foi escritora, ativista social e conferencista.


14- Mary McLeod Bethune (1875-1955)

Foi educadora, filantropa, ativista humanitária e dos direitos civis para mulheres negras.


15- Margaret Hamilton (1936 - dias atuais)

É uma cientista da computação, engenheira de software e empresária estadunidense. Foi diretora da Divisão de Software no Laboratório de Instrumentação do MIT e desenvolveu o programa de vôo usado no projeto Apollo 11(a primeira missão tripulada à Lua). O software de Hamilton impediu que o pouso na Lua fosse abortado.


16- Madam C. J. Walker (1867-1919)

Filha analfabeta de escravos libertos, ela tornou-se a primeira mulher negra milionária dos EUA graças a um tratamento capilar inventado em 1905.


17- Harvards Computers (1877-1919)

Equipe composta exclusivamente por mulheres e direcionadas pelo astrônomo Edward Charles Pickering. Foram responsáveis por catalogar e classificar quase todas as estrelas do céu.

18- Carmen Miranda (1909-1955)

Foi uma cantora e atriz brasileira de nacionalidade portuguesa, cuja carreira artística transcorreu pelo Brasil e Estados Unidos entre as décadas de 30 e 50.
Apesar de sua imagem descontraída e figurinos extravagantes, ela era extremamente inteligente e crítica, tendo grande influência na cultura brasileira.


19- Letitia Mumford Geer (1852-1935)

Foi uma enfermeira e inventora americana que patenteou o modelo de seringa utilizado atualmente (aplicação de substâncias por meio de um pistão).


20- Roberta Close (1964 - dias atuais)

Atriz, modelo, cantora e apresentadora brasileira, ela foi a primeira mulher trans a posar nua para a Playboy no Brasil. Também lutou pelo direito íntimo de mudança de nome em favor da sexualidade e é uma referência até hoje como mulher trans na luta contra o preconceito.


21- Anna Connelly (1883-1924)

Foi a inventora da saída de incêndio, ela criou um modelo de ponte para a saída em casos de emergência, o qual também era útil no combate contra o fogo. A criação, apesar de simples, revolucionou a segurança de edifícios e, graças à ela, hoje temos saídas de incêndio modernizadas que evitam vidas de serem perdidas em tragédias.


22- Nettie Stevens (1861-1912)

Ela descobriu os cromossomos sexuais X e Y, além do fato de que as diferenças entre  cromossomos poderiam estar ligados aos atributos físicos dos indivíduos, especialmente as distinções entre os sexos masculino e feminino.

23- Elizabeth Magie (1866-1948)

Designer de jogos norte-americana que ficou conhecida por desenvolver o famoso jogo de tabuleiro “Banco imobiliário”.

24- Maria Beasley (1847-1904)

Foi a inventora do bote salva-vidas moderno que auxiliou em muitos resgates e salvou a vida de muitos.

25- Zuzu Angel (1921-1976)

Personagem de grande impacto do Brasil na época da ditadura militar, ela ficou conhecida nacional e internacionalmente não apenas por seu trabalho inovador como estilista de moda, mas também por sua procura pelo filho militante que fora assassinado pelo governo e transformado em desaparecido político. Essa grande mulher enfrentou as autoridades da época e levou sua busca a se tornar conhecida no exterior.

26- Zilda Arns (1934-2010)

Foi médica pediatra e sanitarista. Ela fundou, em 1983, a Pastoral da Criança, um programa de ação social da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Em 2006, foi indicada ao Prêmio Nobel da Paz.
27- Leila Diniz (1945-1972)

Foi uma atriz brasileira, estrela do cinema, artista da TV, vedete do teatro rebolado e musa de Ipanema. Irreverente e escandalosa, ela rompeu barreiras da sociedade conservadora de seu tempo.


28- Dandara (data de nascimento desconhecida e falecida em 1694)

Descrita como heroína, dominava técnicas de capoeira e lutou ao lado de homens na busca por liberdade e resistência negra.
É um símbolo também na guerra contra o preconceito racial e tem importância histórica no Brasil.

29- Maria Quitéria (1792-1853)

Foi a primeira mulher a ser reconhecida por assentar praça numa unidade militar das Forças Armadas Brasileiras e a entrar em combate pelo Brasil em 1823. Foi promovida ao posto de cadete na Bahia, sendo depois condecorada por seus atos de bravura em combate, no ano de 1823, com a Imperial Ordem do Cruzeiro, cedida pelo Imperador D. Pedro I.


30- Shirley Jackson (1916-1965)

Foi uma escritora norte-americana conhecida principalmente por suas obras de horror e mistério. Durante suas duas décadas de carreira, ela escreveu seis romances, dois livros de memórias e vários outros contos.

Postar um comentário

0 Comentários