Conheça Legend of the Galactic Heroes, o maior épico dos animes


Você provavelmente nunca ouviu dessa obra, mas saiba ela é reverenciada e aclamada, como o melhor de anime de todos os tempos, e sem dúvida o mais influente, também conhecido como LOGH  ou Ginga Eiyuu Densetsu, Legend of the Galactic Heroes, é baseada em uma série de 10  livros escrita por Yoshiki Tanaka, autor do popular Arslsan Senki.

Na história acompanhamos a guerra centenária entre duas facções, a democrática Aliança dos Planetas Livres e o monárquico Império Galático, sob o ponto de dois protagonistas, um de cada lado do conflito, do lado da Aliança, nós temos o almirante Yang Wen-li, e do lado do império, Reinhard von Lohengramm, um nobre e militar. Ambos gênios estratégicos militares e políticos, a obra nos apresenta a guerra de dois lados, na intenção de enfatizar que são poucas a guerras de bem contra o mal, a maioria é de um bem contra um bem.

Legend of the Galactic Heroes, é uma obra tão grandiosa quanto sua reputação, perfeita em todos os sentidos, LOGH, assume tantas camadas que é até difícil começar a explicar como essa obra é obrigatória para todos os fãs de animes, e fãs de ficção-científica também.

Com inúmeras adaptações para anime, a primeira dirigida pelo o lendário Noboru Ishiguro, diretor de alguns dos maiores clássicos da animação japonesa, o filme Legend of the Galactic Heroes: My Conquest is the Sea of Stars, estreou em 6 de fevereiro de 1988, e narra o primeiro embate entre os dois protagonistas. O longa foi bem recebido entre a crítica e o público, e no mês seguinte foi lançado em OVA, o primeiro de 110 episódios de uma obra-prima,

O anime original de LOGH, possui 110 episódios e foi dirigido por Noboru Ishiguro, lançado para o mercado de vídeo, na época VHS e Laser Disc, a obra recebeu um tratamento especial na animação, algo que não mais tão notável, infelizmente porque o anime envelheceu muito mal, mas isso não tornou a obra ruim, muito pelo o contrário, ela ainda encanta gerações de fãs, que o reverenciam como a "obra-prima definitiva dos animes". Já  na época do lançamento tanto o público quanto a crítica, notaram que essa obra era especial e diferente das demais, começando pela a trilha sonora, inteiramente composta só por música clássica, e da melhor qualidade, com artistas como Mozart, Wagner, entre outros.

E com o sucesso estrondoso do anime, logo ele ganhou mais 2 filmes, Legend of the Galactic Heroes: Golden Wings, lançado em 12 de dezembro de 1993, adapta um mangá derivado de mesmo nome, e Legend of the Galactic Heroes: Overture to a New War, lançado em 18 de dezembro de 1993, é um remake dos 2 primeiros episódios da série. Ambos os filmes receberam elogios da crítica e do público.

Em 1997 tem o fim da série, mas logo em seguida lançaram duas séries spin-off, que adaptam a coleção de contos lançados em 2 volumes, escritos pelo o próprio Yoshiki Tanaka, lançadas em 1998 e terminaram em 2000, levou quase 20 anos para os fãs receberem um novo anime de LOGH, isso realizou em 2015 quando foi anunciado um reboot da série, com o lançamento em 2017, mas o lançamento foi adiado para 2018, e em 3 de abril de 2018 estreou o primeiro episódio de Legend of the Galactic Heroes: Die Neue These.

                                          © Yoshiki Tanaka / Shochiku, Production I.G.

É inegável que o reboot honrou o legado do original, trazendo uma nova roupagem, elevando as batalhas épicas do anime para outro nível, e é claro uma animação impecável, afinal o reboot foi feito pelo estúdio Production I.G., estúdio esse que é responsável por jovens clássicos, como Ghost in the Shell, Tenshi no Tamago e Kuroko no Basket, e conseguiu chegar ao nível da MadHouse, estúdio que fora responsável pela série clássica. o reboot é composto por uma série de 12 episódios e 3 filmes, que adaptam cerca 40% da obra, no ocidente os filmes foram exibidos como uma espécie de segunda temporada, no Brasil, as "2" temporadas de Legend of the Galactic Heroes: Die Neue These estão disponíveis no Crunchyroll.

Postar um comentário

0 Comentários