7 animes shoujos e joseis que você precisa ver

Ainda é comum ver bastante preconceito com os animes e é ainda mais recorrente ouvirmos falar que animes são só pra meninos, ou que animes pra meninas são de baixa qualidade. Mas isso está muito longe da verdade, viu? Para te fazer mudar de ideia separamos 7 dos melhores animes da demografia Shoujo e Josei.

O que são animes Shoujo?

Animes shoujos são desenhos japoneses direcionados para o público feminino entre 12 a 18 anos. Em sua maioria, as protagonistas de animes shoujo são mulheres, mas podemos encontrar personagens masculinos em destaque, como no anime Banana Fish

Apesar de ser muito confundido com um gênero fictício, shoujo não é considerado um gênero de ficção, mas sim uma demografia definida pelas editoras e produtoras. Ou seja, animes shoujo podem abordar diversos gêneros como: romance, ação, drama, comédia ou fantasia. Em sua maioria, ele se tornou popular pelas histórias de romance e comédia escolar. 

Mas shoujos são apenas pra meninas? 

Ao contrário do que se pode pensar, animes shoujos podem agradar a todos gostos, não sendo restrito a meninas. Exemplo disso temos clássicos shoujo, como Sailor Moon e Cardcaptor Sakura, que conquistaram corações de geeks de todos os sexos e idades.

O que são animes Josei?

Assim como shoujo, josei é uma das demografias para definir animes e mangás. Joseis são desenhos direcionados para o público feminino mais adulto, acima de 18 anos. Diferentes dos animes shoujo, que costumam abordar temas mais clichês, os animes josei possuem histórias mais maduras, destacando temas como trabalho, sexo, casamento, luto ou violência.

Agora que você já sabe um pouco mais do assunto, vamos às indicações da nossa listinha:

1- Lovely Complex

Foto: Reprodução

Lovely Complex acompanha a história de dois estudantes do ensino médio muito excêntricos. Risa Koizumi é um garota desastrada e alegre, que chama muita atenção pelo seu 1,72 de altura. Pode parecer normal para algumas pessoas, mas na escola japonesa Risa é a única garota alta entre todas as suas colegas de sala, o que a faz se sentir muito insegura. 

Atsushi Otani é um dos garotos da classe de Risa. Como ela, o garoto vive atormentado com sua altura, isso porque ele é o único menino da turma de basquete com apenas 1,56m.

Apesar dos dois viverem brigando igual gato e rato, a dupla faz a alegria da escola com suas brincadeiras, compartilhando os mesmos  hobbies, até sendo fãs do mesmo rapper. Um dia, quando eles se envolvem em um plano pra arranjar um parceiro romântico, Risa acaba percebendo que sente mais pelo Otani do que só amizade, mas ele não está muito preparado pra lidar com isso.

Essa comédia romântica ganhou um anime de 24 episódios, que adaptou completamente o mangá de Aya Nakahara, popularmente conhecida pelos seus mangás shoujo. Essa história fofa e hilária também foi adaptada para um filme de 2006.

2 - Skip Beat

Foto: Reprodução

Kyoko cresceu apaixonada pelo seu amigo de infância Shoutaro, com quem vive no interior do Japão. Um belo dia, Shoutaro decide largar tudo para se tornar um cantor de sucesso e decide ir para uma agência na cidade de Tokyo. Kyoko, sem pensar duas vezes, também decide largar tudo em sua vida para seguir seu amado. 

Porém, após alcançar um relativo sucesso, Shoutaro ignora toda a dedicação de Kyoko por ele e termina com a jovem, a deixando arrasada. A protagonista que antes era uma menina doce e apaixonada, decide focar toda sua atenção em se vingar de Shoutaro, entrando para a mesma agência que ele. Dessa vez, buscando ser uma atriz de maior sucesso do que seu ex-amor.

Essa comédia explora as proximidades do amor e do ódio, e principalmente a busca por autoconhecimento da mocinha. A obra escrita pelo mangaká Yoshiki Nakamura foi adaptada para a telinha em 25 episódios, além de uma adaptação para dorama. Skip Beat é conhecido como o One Piece dos shoujos, seu mangá continua em aberto desde 2002, mas carregando centenas de fãs.

3 - Otaku ni koi wa muzukashi

Foto: Reprodução

O anime também conhecido como Wotakoi é um josei de comédia romântica, que acompanha a vida de quatro jovens adultos trabalhando em um escritório. A protagonista Narumi, apesar de parecer uma garota normal e meiga, esconde um grande segredo de seus colegas de trabalho: ela é uma fujoshi de carteirinha. Pra quem não sabe, fujoshi são garotas fãs de animes e mangás do gênero yaoi. Narumi esconde quem é, pois tem medo de julgamentos alheios, devido a traumas antigos.

Contudo, seu antigo amigo de infância e atual colega de trabalho, Hirotaka, também esconde um segredo: ele é um otaku viciado em jogos. O maior medo de Narumi parece ser resolvido quando Hirotaka propõe se tornar o novo namorado otaku ideal para Narumi.

Esse anime é uma aposta perfeita para os fãs otakus mais maduros, porque mostra um pouco mais do cotidiano dos adultos que precisam cumprir suas obrigações sociais, enquanto curtem seus hobbies nerds. Até o momento o anime só tem uma temporada, mas já foi confirmado a adaptação para uma segunda temporada.

4 - Paradiss Kiss

Foto: Reprodução

Esse josei adaptado do mangá da aclamada autora Ai Yazawa se destaca com uma história bem mais madura, recheado de romance, drama e comédia. A trama gira em torno da personagem Yukari, uma estudante do ensino médio que está se formando e precisa decidir o que vai fazer da vida depois do vestibular. Yukari se esforça muito para agradar seus pais, principalmente sua mãe, uma mulher tradicional que lhe obriga a estudar muito para o concorrido vestibular japonês. Apesar das pressões, Yukari não está nenhum pouco a fim de prestar a prova. 

Tudo na sua vida muda quando ela conhece uma turma de universitários de moda, que fazem parte de um grupo de alta costura, chamado Paradise Kiss. Ao conhecerem Yukari, eles tem a certeza de que ela é a modelo ideal para a competição de vestidos da Escola de Artes. 

Yukari fica encantada ao conhecer o líder de Paradise Kiss, o talentoso cavalheiro George, conhecido como um sexy e criativo estilista que derrete o coração das mulheres. Aos poucos, George se apaixona por Yukari, enquanto a encoraja a buscar o que ela realmente quer, sem se importar com os padrões alheios. Esse anime tem uma pegada mais madura, e talvez não agrade aos otakus mais tradicionais, mas retrata com genialidade personagens complexos e muito reais.

O anime adapta o mangá completamente com 12 episódios, além de contar com um filme de 2011. Recentemente no Brasil o mangá foi republicado pela Editora Panini

5 - Orange

Foto: Reprodução

A trama gira em torno de Naho: aos seus 16 anos ela recebe uma misteriosa carta escrita pelo seu eu do futuro, onde ela tem 26 anos. A carta revela os acontecimentos futuros da vida de Naho e de seus amigos do colegial. Enquanto o tempo passa, Naho começa a perceber que todas as revelações da carta estão acontecendo fielmente, o que a faz dar mais créditos pra ela.

A carta pede que Naho ajude Kakeru, um amigo que está com problemas. Ela alerta a si mesma que  senão salvar a vida de Kareru ela terá muitos arrependimentos no futuro. Destinada a impedir que a carta se cumpra em seu tempo, Naho e seus amigos buscam incansavelmente lutar por Kareru, enquanto a protagonista se apaixona cada vez mais por ele.

A obra inspirada no mangá de Ichigo Takano é um drama belo e comovente que aborda a importância da amizade e o debate sobre a depressão. O anime tem um aspecto agridoce, abordando reflexões sobre a vida e a morte, e como nossas ações impactam na vida das pessoas. Prepare os lencinhos para assistir esse anime.

6 - Kaichou wa Maid-Sama

Foto: Reprodução

Ayuzawa Misaki é conhecida como o terror dos garotos da escola Seika. A escola que antes era só para garotos, se tornou mista, o que fez Misaki tomar atitudes radicais para proteger as meninas dos assédios. Apesar disso, a temida presidente do conselho estudantil esconde um segredo: ela trabalha como uma doce garçonete no clássico Maid Cafe japonês.

Seu segredo acaba sendo descoberto pelo garoto mais popular e conquistador da escola, Usui Takumi. Para proteger que ele revele seu segredo Misaki precisa aceitar as exigências de Usui, que deseja a todo custo conquistar o coração da durona.

Essa comédia romântica mistura os hilários e absurdos clichês do shoujo com personagens modernos, que brincam com os padrões de gênero. O personagens se desenvolvem com facilidade e é impossível não se apaixonar pelo divertido casal principal. O anime possui 26 episódios e um mangá completo.

7 - Nana

Foto: Reprodução

Outra aclamada obra de Ai Yazawa, autora de Paradise Kiss. Esse josei conta a história de duas jovens que buscam sonhos diferentes, mas compartilham o mesmo nome: Nana.

Nana Komatsu é uma doce sonhadora que decide partir de sua cidade natal para viver com seu namorado em Tokyo, que se mudou para estudar numa escola de Artes. Sem expectativas profissionais, Nana só deseja uma coisa: casar e ter uma família. Mas sua personalidade dependente não consegue perceber que talvez seu namorado não compartilhe dos mesmos desejos.

Durante a viagem Komatsu conhece Nana Osaki, uma cantora roqueira, que depois de ser abandonada por seu namorado, partiu de sua antiga cidade para correr atrás de um sonho: formar uma banda de rock e fazer sucesso em todo o Japão. Mesmo tão diferentes, as duas começam a compartilhar um apartamento em Tokyo, enquanto se envolvem em um caótico grupo de músicos e romances conturbados.

NANA se tornou uma obra cult entre os animes japoneses. Inspirado no mangá publicado até 2009, infelizmente a história nunca pôde obter um final digno, estando em hiato até hoje. Apesar disso, o drama ainda desperta fãs com seus belos e exóticos traços, personagens extremamente reais e que nos deixam morrendo de raiva e de amores. Não é difícil se identificar com algum dos personagens de Nana. Uma anime para chorar, rir, se apaixonar e te fazer refletir sobre os contrastes da vida. 

Postar um comentário

0 Comentários

https://api.clevernt.com/0837e6a6-db3b-11eb-a592-cabfa2a5a2de/