Twitter fará mudanças no sistema de corte de imagens após denúncia de racismo

 

O Twitter anunciou, no início do mês, que vai alterar as funções do recorte automático de fotos da plataforma, oferecendo assim mais controle aos usuários.

Isto é uma resposta ao que ocorreu nas últimas semanas, quando os usuários do Twitter resolveram por à prova o algoritmo de recorte de imagens e percebeu-se que ele dava preferência às pessoas brancas em relação a de outras etnias, independente de serem pessoas reais ou personagens de animação. Diversos testes foram feitos, trocando as fotos de posição, usando fotos sorrindo e o resultado era sempre o mesmo.

A plataforma, após pedir desculpas, declarou que vai diminuir a confiança nos algoritmos que fazem esse corte automático e dará mais visibilidade e controle sobre como as imagens são exibidas nos tweets. Com esta mudança, o recorte exibido durante a criação do tweet será igual a mostrada na linha do tempo, diferente do que ocorre atualmente.

O chefe Dantley Davis, escreveu no blog da empresa:

"Estamos cientes de nossa responsabilidade e queremos trabalhar para tornar mais fácil o entendimento de como nossos sistemas funcionam. Embora nenhum sistema possa ser completamente isento de viés, continuaremos a minimizá-lo por meio de análises deliberadas e completas, e compartilharemos atualizações do nosso progresso".

Ainda não há previsão sobre quando as mudanças serão plenamente implementadas na rede social, mas seguimos de olho.


Fontes: G1 / The Enemy

Postar um comentário

0 Comentários