DC FANDOME | Gotham: uma mitologia moderna


A série Gotham têm sido um sucesso entre os espectadores, mas como definir essa cidade?

O produtor John Stephens compara Gotham, no início da série, à terra de Oz, por toda a expectativa, poder e enigmas. A série toda gira em torno da jornada do herói, mostrando a transformação do Bruce Wayne em Batman, como ele percebe que deve se tornar mais que um homem, mas também um símbolo que os criminosos temessem para defender sua cidade.

O roteirista Seth Boston acredita que ao conhecer as motivações do Bruce Wayne, o espectador percebe as histórias da sequência uma continuação dessa história, dando uma espécie de linearidade a narrativa.


Para David Mazouz, que interpreta o jovem Bruce Wayne, a cada temporada seu personagem sofre mais e aprende a transformar seu sofrimento em coragem, força e poder, a fim de enfrentar seus inimigos.

Durante a conversa sobre os relacionamentos que existem entre os amigos e inimigos que levam Bruce Wayne a encarnar o cavaleiro das Trevas, é chamada a atenção para o quanto é tênue a linha entre o certo e o errado quando são comentados momentos em os “heróis fazem coisas erradas e vilões fazem coisas certas”, como exemplificado na fala de Bruce: “o jeito certo também é o jeito desagradável”. Ou como canta a banda OneRepublic na música Counting stars “I feel something so right, Doing the wrong thing, And I feel something so wrong, Doing the right thing”.

Outros atores também participam do painel como a Morena Baccarin que interpreta a Leslie Thompkins.

Postar um comentário

0 Comentários