Serviços como Netlfix, YouTube, Facebook reduzem qualidade de vídeo


Com o isolamento de boa parte da população de diversos países como Itália, Espanha, França e até no Brasil, aconteceu um aumento dos acessos e o tráfego na rede de internet.
Para evitar uma explosão dos dados e consequentemente, uma lentidão por conta desse excesso de uso, algumas plataformas de streaming, como Netflix, Amazon Prime, Globoplay e também algumas redes sociais como Facebook, Youtube e Instagram, reduziram a qualidade dos vídeos para que impactem o mínimo possível na velocidade da internet, tendo em vista que o fluxo gerado por elas equivale a 62% do consumo mundial.

A ideia é não atrapalhar atividades como home office e aulas online, especificamente.

A ação foi feita na União Europeia, onde o grupo pediu para que os streamings diminuíssem a qualidade dos filmes transmitidos, Netflix e Youtube atenderam a esses pedidos.
Logo depois, isso chegou aqui no Brasil, com a Globoplay sendo a primeira, reduzindo temporariamente a qualidade para apenas 720p (HD), com os conteúdos em Full HD e 4k deixando de ser enviados aos assinantes. Já o Youtube reduziu os vídeos para a qualidade de 480p.
A previsão para a o término dessa distribuição especial é de 30 dias, pelo menos foi o que a Netflix afirmou com relação a Europa. Já a Globoplay disse que a restrição dura até enquanto a pandemia durar.

Fontes: Tilt / Techtudo

Postar um comentário

0 Comentários