Quem inventou o telefone?

Você, algum dia da sua vida, já se perguntou quando, como e quem foi que inventou o telefone? 
Hoje, nós conseguimos ficar sabendo de tudo isso através de um celular, que é como um tataraneto do telefone (e das câmeras fotográficas, jornais, televisões e por aí vai, não é mesmo?)

Em comemoração ao Dia do Telefone, 10 de Março, estou aqui para contar para você, caro leitor, como se deu o surgimento desse aparelho que revolucionou a história.

O primeiro registro da patente de um telefone foi feito pelo cientista norte-americano Alexander Graham Bell, isso no ano de 1876. No mesmo dia, algumas horas depois do registro de Alexander, Elisha Gray também patenteou um aparelho, fazendo com que se iniciasse uma das batalhas judiciais de patentes mais extensa da nossa história.

Gray moveu 600 ações contra Graham Bell, para reivindicar a patente do telefone para seu nome, porém o Tribunal dos EUA deu a vitória para Bell todas as vezes.

Mas, e como surgiu o telefone?

Diz que a invenção do aparelho aconteceu de forma acidental, isso porque a ideia principal era a de melhorar as transmissões feitas pelo telégrafo, que é estruturalmente semelhando ao telefone. A principal diferença entre os dois era que o primeiro conseguia executar a transmissão de apenas uma mensagem por vez, enquanto o segundo permitiria mais de uma mensagem no mesmo fio.

Graham Bell percebeu que o telégrafo poderia desenvolver essa função através de seu conhecimento musical. Outros já haviam tentado produzir esse feito, mas foi somente o norte-americano quem conseguiu realizar o processo, utilizando de energia elétrica para conduzir sua voz.


Ele recebeu o apoio de Thomas Watson, que o auxiliou e foi o primeiro a ouvir a voz humana através do aparelho, em junho de 1875. O ano seguinte serviu para que os dois desenvolvessem uma espécia de membrana que transformasse o som em corrente e reproduzisse-o do outro lado da linha. 

No dia 10 de março de 1976, em um dos experimentos, Watson ficou em uma sala com o instrumento receptor, enquanto Bell ficou em outra sala com o instrumento transmissor, em um dado momento, Bell teria derramado um ácido de maneira acidental e para pedir ajuda ele chega ao aparelho e diz:

"Senhor Watson, venha até aqui. Preciso de você!"

E assim estava marcado o surgimento do telefone.

No ano seguinte, Alexander fundou a Companhia Eletrônica Bell, que veio a se tornar a American Telephone & Telegraph.



Postar um comentário

0 Comentários