Você Precisa Assistir : Areia Movediça - Revista Jovem Geek

GeekNews

Revista Jovem Geek

O lado NERD da força.

segunda-feira, 17 de junho de 2019

Você Precisa Assistir : Areia Movediça

Resultado de imagem para Areia Movediça

Esse “você precisa assistir” está mais para um “a série é muito boa, mas talvez você não deva assistir”. Areia movediça é uma série original da Netflix sueca baseada no livro de mesmo nome da Malin Persson Giolito. A história começa quando há um tiroteio em uma escola de ensino médio e Maja é presa como suspeita de assassinato. Na mesma pegada de Elite, a gente vai entendendo a história por meio de flashbacks enquanto ela vai sendo interrogada, mas tal como em 13 reasons why, não é uma série pra tem tem estômago fraco. 

Antes de começar o primeiro episódio eles avisam que a série contém cenas fortes e explícitas, mas sinceramente, baseada na sinopse, eu achei que fosse ter sangue e com isso eu estou acostumada porque eu vejo grey’s anatomy. Só que vai muito além de sangue. A medida que pegamos a história desde o início, quando Maja conhece Sebastian vamos entendendo ao longo dos seis episódios da primeira temporada como ela passou de uma menina perfeitamente normal e bem ajustada para uma suspeita de assassinato. 


As cenas pesadas são muito mais psicológicas do que visuais, pois o terror emocional ao qual ela foi submetida nos atinge também de tal forma que eu precisei pausar a série para chorar, e só consegui voltar a ver no dia seguinte. A trama permeia por temas como depressão, suicídio, estupro, relacionamentos abusivos, agressão física, drogas e morte. 

A fotografia é toda construída em tons frios e o roteiro é impecável. E é por isso mesmo que é tão pesada. Eu sinto que a série é importante porque, ao contrário de 13 reasons why, não temos o ponto de vista de quem está doente com depressão, mas sim das pessoas que o cercam. Temos o ponto de vista de Maja, e por meio dela entendemos como é difícil lidar com alguém depressivo, como é difícil não entrar na espiral dele, como é difícil ajudar apesar de querer desesperadamente ajudar. 

Sendo doenças mentais assuntos que devem urgentemente ser debatidos, essa série se destaca por abordar o assunto por outro ângulo e também por levantar discussões sobre isso. Então apesar dos pesares, se você acha que nada disso vai ser como um gatilho e não tem problemas em ver sangue, essa é uma série que vale muito a pena. A série estreou em abril e todos os episódios estão disponíveis na Netflix. Eu não acredito que podemos esperar uma segunda temporada, pelo menos não uma boa, porque a história se fecha aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário