After: amor ou ódio? - Revista Jovem Geek

GeekNews

Revista Jovem Geek

O lado NERD da força.

sexta-feira, 15 de março de 2019

After: amor ou ódio?



After é aquela típica história clichê onde a menina sensata e perfeitinha se apaixona pelo bad boy revoltado.
Ela conta a história de Theresa (Tessa) Young, uma jovem de 18 anos que nunca saiu da própria cidade e que foi muito bem criada sob os olhos da mãe, sendo uma jovem que sempre andou na linha e que tinha como diversão ir ao cinema com o namorado perfeito chamado Noah. Porém, como todo bom clichê, quando ela vai estudar na Universidade de Washington acaba conhecendo Hardin Scott. Um jovem britânico rude e tatuado que implica com Tessa e seu jeito de garota certinha. Rápida e inesperadamente, Tessa e Hardin se envolvem e ela, que ainda era virgem, vê sua sexualidade aflorar e os dois começam um relacionamento intenso e turbulento. Nessas idas e vindas eles brigam, se implicam, falam e fazem bobagens trazendo muitos problemas para a relação que eles começam a construir.

Como outros romances, After é sim aquela história que causa uma completa paixão em alguns e muito ódio em outros. Por, de certa forma, representar um relacionamento abusivo ela é muito criticada por várias pessoas que a consideram fútil e cheia de más influências causadas pelo comportamento de Hardin, além de não apresentar muitas reflexões sobre relacionamentos que vão por esse caminho.

Porém, do ponto de vista dos fãs, essa é apenas uma lindas história romântica de duas pessoas que estão descobrindo o amor e amadurecendo através da relação, que pesa um pouco nas discussões e brigas para poder apimentar a vida do casal que está destinado a ficar junto para sempre.

Com todo esse debate, principalmente pelo atual foco nos direitos das mulheres, a adaptação cinematográfica de After foi bastante criticada pelos que não consideram o livro saudável. Apesar dos fãs da saga serem muitos e completamente apaixonados pela história, os críticos deixaram claro suas dúvidas, questionando o que seria levado às telas e se os comportamentos de Hardin seriam amenizados para criar um personagem com perfil de galã.

Porém, nada disso tem impedido a euforia dos fãs, principalmente depois da divulgação do primeiro trailer e das fotos dos personagens, interpretados por Josephine Langford (Tessa) e Hero Fiennes Tiffin (Hardin). Muitos já tem comentado nas postagens as cenas que com certeza devem ir para a adaptação e as que são desnecessárias, além de terem ficado completamente extasiados com o que já foi revelado pela produtora.

Portanto com uns indo ao delírio e outros criticando ferrenhamente qualquer coisa relacionada a história, já podemos perceber que ela dificilmente agradará todos os públicos, deixando a cargo da crítica especializada comentar as qualidades técnicas da produção sem ter a interferência literária presente nesta avaliação.

O que esperar dessa adaptação? Será sucesso ou não? Fica aí a dúvida e a expectativa dos dois lados da moeda para saber qual será o destino desse novo filme.



Nenhum comentário:

Postar um comentário