The Boys | 8º Episódio — Mortes surpreendentes marcam o fim da temporada.


Nessa sexta (09), a Amazon Prime Vídeo encerrou com chave de ouro a segunda temporada de The Boys!

Alerta de Spoiler!

Todos com medo

Após os eventos no Capitólio, onde vimos literalmente várias cabeças explodindo, o Governo se prepara para defender-se dos Super-terroristas armando os serviços militares e de imigração com Composto V, tendo em vista o combate aos Super-terroristas

Articulações da Igreja

Alastar (Goran Visnjic) se encontra com Edgar (Giancarlo Esposito) na Igreja da Coletividade para tentar um acordo de reintegração dos Supers pertencentes à seita. Contudo, o líder da Vought garante apenas a vaga do The Deep (Chance Crawford) na elite dos Supers.

A verdadeira batalha está para começar

Os The Boys finalmente se preparam para a guerra contra Os Sete, contando com a ajuda do A-Train (Jessie T. Usher), que entregou arquivos ultrassecretos da Vought que estavam guardados na Igreja. Também recebem a ajuda de Becca (Shantel VanSaten), que veio até o marido para avisá-lo do sequestro do filho.

O Confronto Final

Butcher procura o chefe da Vought em busca de oferecer um modo de reaver o filho do Homelander (Antony Star), que aparentemente é uma arma importante para a empresa. Na hora da missão Billy não cumpre o acordo e Becca acaba sendo ferida pela Stormfront (Aya Cash), iniciando uma luta entre a equipe e a Super, combate esse que teria dado muito errado para os The Boys se não fosse pela ajuda da Queen Maeve (Dominique McElligott), proporcionando uma combate épico apenas entre mulheres.

Em um segundo ato a Stormfront tenta matar a esposa de Billy e depois dele tentar de todas as formas impedi-la, o filho de Becca aparece e mostra a verdadeira dimensão de seu poder, vencendo a Super sem esforço. Ryan (Parker Corno) então fica ao lado de Butcher, se rebelando contra o próprio pai.

A nova Super

A Vought mais uma vez encobre as atrocidades que fizeram culpando a Stormfront por todos os escândalos da companhia, reintegrando aos Sete a Starlight (Erin Moriarty) e o A-Train, descartando o acordo anterior com a Igreja da Coletividade, deixando mais uma vez The Deep de fora.

A Vitoria Neuman (Claudia Doumit) usa sua militância para criar uma fiscalização por parte do Governo para todos os heróis e finalmente descobrimos que na verdade ela é a Super responsável por explodir cabeças.

The Boys encerra esse arco deixando poucas pontas soltas para a próxima temporada e ao mesmo tempo nos deixando com inúmeras teorias. Vemos Ryan sendo levado pelo governo no final, o que pode sugerir que eles estão recrutando Supers que os obedecem, sem precisar de um empresa privada. Hughie agora trabalha para a Deputada, que indiretamente agora controla a Vought

Homelander é vencido pela sua necessidade de ser amado por todos, em uma cena final bem bizarra ele diz que pode tudo, mas agora sem sua namorada, seu filho e não dispondo mais de nenhum domínio sobre a Vought, o Super abandona seu protagonismo para tornar-se um herói secundário, mesmo que a companhia o venda diferente, fato que nos deixa apreensivos de como ele irá aparecer no próximo ato já que ele é emocionalmente muito instável.

O que vocês acharam da temporada? A terceira temporada da série já esta confirmada e contará com o Soldier Boy, novo super interpretado por Jansen Ackles (Supernatural). Aqui vocês podem conferir as críticas de todos os episódios da temporada. 


Postar um comentário

0 Comentários