DC FANDOME | Bawse (mulheres poderosas) mulheres de cor no universo DC



Seguindo nossa cobertura do evento DC FANDOME, nesse painel o DJ D-Nice e a cantora e atriz Estelle conversam com Meagan Good (SHAZAM!), Javicia Leslie (Batwoman), Candice Patton (The Flash), Tala Ashe (DC’s Legends of Tomorrow), Nafessa Williams e Chantal Thuy (Black Lightning), e Anna Diop e Damaris Lewis (Titãs) sobre como usaram sua autoconfiança e vulnerabilidade em suas carreiras em Hollywood.

O ativismo pelos direitos das pessoas negras esteve em alta quando recentemente nos EUA diversas pessoas foram as ruas para exigir justiça pelo assassinato de George Perry Floyd Jr. Floyd foi um afro-americano assassinado em Minneapolis no dia 25 de maio de 2020, estrangulado por um policial branco, levando os noticiários e a população a ouvirem sobre o movimento ativista internacional Black Lives Matter, campanha contra a violência direcionada às pessoas negras.

Para as atrizes que participaram do painel da DC FanDome “ Bawse mulheres de cor”, é importante usar a arte no ativismo e contam que com seus papéis nas produções da DC diversas pessoas marginalizadas, não apenas negras, mas trans, homossexuais e outros se sentem inclusos. Contam também como foi difícil no começo, que algumas pessoas chegaram a ficar bravas e mandaram mensagens de ódio e discriminação, além de sofrerem preconceitos por serem mulheres, sofrem também pelo racismo.

Candice Patton conta:
Eu me lembro no começo. Nós começamos nosso seriado em 2014. E depois que fomos ao ar eu recebi um tweet de uma mãe, ela disse que estava assistindo The flash com a filha, e a filha dela estava vendo minha personagem e disse: ‘mamãe Iris West é tão linda, ela parece comigo, eu sou linda também?’ ela me escreveu isso e meus olhos enchem de lágrimas só de lembrar


Revelando o que essa representatividade significa não apenas para os adultos, mas também para a formação das crianças.

Postar um comentário

0 Comentários