Yoshinori Ono, produtor de Street Fighter, deixa Capcom



Após 30 anos como produtor da Capcom, Yoshinori Ono anunciou em seu Twitter nesse domingo, 9 de agosto de 2020, que está deixando a empresa.

Produtor executivo da marca Street Fighter, Ono informou que deve deixar a companhia até o final do verão no hemisfério norte - aqui no hemisfério sul, em setembro.
Em seu Twitter, Ono agradeceu aos fãs pelo apoio que recebeu durante sua estadia na Capcom:
"Meu coração está cheio de gratidão por aqueles jogadores que têm dado um apoio caloroso à marca, especialmente na última década, quando todas as atividades da marca Street Fighter ganharam força novamente e recuperaram sua vivacidade", afirmou.
Ono entrou na Capcom no início dos anos 90 como produtor de som e compositor, trabalhou em franquias como Mega Man, Resident Evil, Street Fighter, Breath of Fire e Devil May Cry.

O produtor é considerado um dos grandes responsáveis pelo resgate da popularidade de Street Fighter desde o lançamento de seu quarto jogo consecutivo, Street Fighter IV, em 2008, jogo que trouxe a série de volta para às origens e deu nova força ao seu cenário, resgatando antigos fãs e conquistando muitos novos.

No entanto, Ono perdeu espaço dentro da companhia e a liderança da divisão de jogos de luta da Capcom para Ryozo Tsujimoto, produtor da série Monster Hunter.

No encerramento de sua mensagem, o Ono lamentou não poder estar junto de fãs e colegas em eventos ao longo de 2020, mas terminou o post com um último e icônico "SHORYUKEN!"

Ono foi um dos maiores convidados da Brasil Game Show de 2019, onde ele conversou com o público sobre os estudos para se trabalhar no ramo de games, sobre a franquia Street Fighter, e sobre seu personagem predileto, Blanka.

Postar um comentário

0 Comentários