Liga da Justiça | Joss Whedon é acusado de abuso durante as gravações do filme


Recentemente em seu TwitterRay Fisher acusou Joss Whedon, diretor de Liga da Justiça, Vingadores e Buffy, A Caça Vampiros, de tratar toda equipe do filme, incluindo elenco e produção, de forma "nojenta, abusiva e não profissional".

De acordo com Ray Fisher, que interpretou o Ciborgue, o comportamento dele não foi só ignorado, mas também incentivado de muitas maneiras por Jon Berg e Geoff Johns, produtores e executivos da Warner. O ator ressaltou também que a ética precisa ser mais importante que o entretenimento.
Joss Whedon assumiu a direção de Liga da Justiça após Zack Snyder se afastar por problemas pessoais. O diretor realizou uma quantidade considerável de novas filmagens na época, cortou cenas e conduziu o filme para uma direção bem diferente da planejada por Snyder. Lançado em 2017, o filme lucrou menos do que esperado nas bilheterias e foi duramente criticado por fãs e mídia especializada.

Na segunda-feira Ray Fisher já tinha declarado em seu Twitter que queria se retratar por ter apoiado Joss Wheadon na Comic-Con de 2017.


No vídeo, Fisher diz que:

Joss é um cara legal, e a melhor pessoa para chegar e finalizar o filme para ele.

Até o momento Joss Whedon não fez nenhuma declaração sobre. Mas desde então muitos atores e profissionais tem se pronunciado a favor e contra o diretor.

Alan Tudik, que já trabalhou com Whedon algumas vezes, defendeu o diretor:

Eu não estava lá, mas conheço Joss há 17 anos e honestamente não consigo nem imaginar isso – e olha que eu tenho uma imaginação muito boa
Caitlin Burles, a dublê das cenas de ação da Mulher-Maravilha, comentou a favor das críticas de Ray Fisher. Mesma dublê que fez a polêmica cena do Flash caindo em cima da Mulher-Maravilha.

Richard Cetrone, dublê do Batman de Ben Affleck, também apoiou as declarações de Fisher.

Em 2021, a versão de Liga da Justiça Snyder será disponibilizada no streaming da HBO Max.


Clique aqui e faça sua assinatura de nossa revista digital, é gratuita!

Postar um comentário

0 Comentários