Mês do orgulho nerd: Cavaleiros do Zodíaco






Saint Seiya, também conhecida como Os Cavaleiros do Zodíaco é uma série japonesa de mangá e anime escrita e ilustrada por Masami Kurumada. Foi publicada, originalmente, na revista Weekly Shōnen Jump, de dezembro de 1985, sendo sua primeira edição divida em duas partes: entre dezembro de 1985 e janeiro de 1986 (partes 1 e 2 respectivamente), até dezembro de 1990. Foi adaptada para anime com 114 episódios pela Toei Animation, de 1986 a 1989.

Enredo:

O enredo se concentra em um órfão chamado Seiya, que foi forçado a ir ao Santuário, na Grécia, para obter a Armadura de Bronze de Pégaso, uma veste usada pelos 88 cavaleiros de Atena.
Durante seu treinamento para a disputa da armadura de pégaso, Seiya toma conhecimento do "Cosmo" - essência espiritual contida em todos seres vivos. Ele rapidamente torna-se o Cavaleiro de Pégaso e retorna ao Japão para encontrar sua irmã que desapareceu na época em que ele fora adotado pela Fundação Graad. Saori Kido, a neta do homem responsável por enviar os órfãos ao treinamento, fez um trato com Seiya, pedindo que participasse de um torneio chamado de Guerra Galática, na qual o vencedor dentre os cavaleiros de bronze receberia a Armadura de Ouro de Sagitário. O trato era que caso Seiya vencesse o torneio, Saori ajudaria-o na busca pela irmã.


O torneio é interrompido pelo vingativo Ikki, o Cavaleiro de Fênix, que tenta eliminar os vestígios de sua ligação com as pessoas que o forçaram a seguir seu treinamento e, para isso, rouba partes da Armadura de Sagitário, tendo que enfrentar os Cavaleiros restantes (Seiya, Shun, Shiryu e Hyoga). Enquanto lutam, os Cavaleiros de Bronze descobrem que Saori é a reencarnação de Atena. Decididos a apoiá-la, os guerreiros partem para o Santuário a fim de enfrentar o Grande Mestre, mas, antes de sua chegada, Saori é gravemente ferida por uma flecha especial advinda do golpe do cavaleiro Tremmy de Sagita. Devido a isso, os Cavaleiros procuram o Grande Mestre, pois descobrem que somente ele poderia curá-la. Após diversas batalhas com os cavaleiros de ouro que protegiam o caminho, Seiya chega ao templo do Grande Mestre e descobre que este é o Cavaleiro de Gêmeos, Saga, o mesmo que matou o antigo Grande Mestre com um ataque surpresa.

Saga, por ser o cavaleiro da constelação de Gêmeos, é atormentado por suas duas faces, a do bem e a do mal. Durante o período em que esteve como Mestre do Santuário, a face má predominou. Com a ajuda do Cosmo de seus amigos, Seiya derrota Saga e usa o reflexo do sol no escudo da armadura de Atena para curar Saori.

Na segunda saga do mangá, o deus dos mares Poseidon reencarna no corpo de Julian Solo, com o objetivo de alagar a Terra. Saori vai ao seu templo na tentativa de resolver a situação de maneira diplomática, mas é aprisionada. Seiya, Hyoga, Shun e Shiryu vão ao templo e enfrentam os Marinas, cavaleiros subordinados de Poseidon. Enquanto isso, Ikki descobre que o responsável por essa guerra é Kanon de Gêmeos, o irmão de Saga, que manipulou Julian, o receptáculo de Poseidon, almejando à destruição do mundo e à dominação de uma nova era denominada Utopia. Durante a batalha final, o espírito de Julian desperta e, assim, os cavaleiros conseguem derrotar o deus dos mares. Salva pelos Cavaleiros, Saori sela a alma de Poseidon em sua ânfora.

A saga seguinte do mangá mostra a ascensão de Hades, deus do submundo e o maior inimigo de Atena. Ele reencarna no corpo do cavaleiro Shun de Andrômeda, o mais puro dentre os cavaleiros, após se libertar de sua prisão - imposta por Atena após a última grande guerra. Seu propósito era lançar a Terra em trevas com o “Grande Eclipse”. Ele revive alguns dos Cavaleiros de Ouro, oferecendo-lhes nova vida em troca de fidelidade e os envia ao Santuário junto aos seus espectros - cavaleiros fiéis a Hades - com o intuito de matar Atena. Os Cavaleiros de Ouro que restam conseguem rechaçar o ataque e, então, é revelado que eles só aceitaram a oferta do deus do submundo para contar a ela sobre o plano de Hades. Logo, ela comete suicídio enfiando uma adaga em sua garganta, pois entende que precisa ter acesso ao submundo para enfrentar Hades, com a ajuda de seus Cavaleiros, no domínio do próprio inimigo.

No submundo, os Cavaleiros de Bronze enfrentam mais Espectros de Hades e Pandora. Em Giudecca, a oitava e última prisão do inferno, onde Hades costuma ficar, os cavaleiros de ouro se juntam com a alma dos cavaleiros de ouro já mortos e abrem o muro das lamentações para que os cavaleiros de bronze possam passar para os campos elísios. Os cavaleiros de bronze conseguem atravessar o caminho até os campos elísios somente porque suas armaduras foram banhadas com o sangue de uma deusa. Apesar de Ikki não ter tido sua armadura banhada pelo sangue de Atena, ele atravessa o caminho com uma ajuda inesperada. Nos campos elísios, os cavaleiros lutam contra Thanatos, o deus da morte, e Hypnos, o deus do sono, o que lhes permite desenvolver suas armaduras sagradas. Na batalha final contra Hades, com seu corpo original, os Cavaleiros trajando as Armaduras Divinas. ao lado de Saori, com a armadura de Atena, lutam contra o inimigo. Durante a batalha final, Seiya destrói a esfera de proteção de Hades que prendia os cavaleiros e, assim, lança-se em direção a ele golpeando-o e atirando-o longe, causando muita dor. Todos comemoram o feito e anseiam pelo golpe final. Todavia, quando olham de volta, vêem a Espada de Hades cravada no peito de Seiya. Então, o Cosmo do Cavaleiro de Pégaso desaparece. Hades se recompõe e debocha da dor deles. Shiryu, Hyoga, Shun e Ikki queimam seus cosmos ao máximo e os unem ao de Atena que, com o Báculo da Vitória da deusa Nike, matam o deus do submundo.


Após a Batalha com o Imperador Hades, Seiya fica numa cadeira de rodas por conta da maldição da Espada de Hades que fora cravada em seu peito na batalha final.

Sobre a série animada:

Qual a ordem cronológica das sagas do anime?

A ordem cronológica do anime é Santuário, Asgard, Poseidon, Hades (Santuário, Inferno e Elísios), Alma de Ouro (cuja história se passa em paralelo a Fase Elíseos de Hades), o filme Prólogo do Céu e a nova série Ômega. Os 4 filmes antigos não se encaixam na cronologia da série, mas a ordem deles é: Éris, Durval, Abel e Lúcifer.

Quais foram as emissoras que exibiram os episódios no Brasil?

A série estreou na Rede Manchete, no dia 1º de setembro de 1994, e ficou no ar até o dia 12 de setembro de 1997. Subsequentemente, o canal a cabo Cartoon Network passou a exibir a série. Por coincidência, a estreia aconteceu no dia 1º de setembro, mas do ano de 2003, ficando no ar até meados de março de 2007. A Rede Bandeirantes comprou os direitos e exibiu os episódios entre julho de 2004 e dezembro de 2010. Rede 21 e PlayTV foram outras duas emissoras que exibiram os episódios de forma oficial. Em algumas regiões do Brasil, TVs locais chegaram a exibir os episódios, mas de forma ilegal (nenhuma possuía os direitos para exibição).

O filme Prólogo do Céu possui continuação?

Tudo indica que o filme foi interrompido. Masami Kurumada, criador da série, não se agradou do final do filme e passou a preferir contar a história dentro do mangá Next Dimnension. Por isso, a continuação oficial da Saga de Hades passou a ser o mangá Next Dimension!

Lost Canvas:

Lost Canvas possui uma terceira temporada em anime?

Infelizmente, não e também não existe previsão para a produção (a série continua com o status de cancelada no Japão). No momento, só existem 26 episódios (todos já dublados), mas de qualquer forma, a história está completa no mangá!

Sobre o mangá:

Qual a ordem cronológica das sagas do mangá?

Lost Canvas (spin-off), Episódio G (spin-off), Santuário, Saintia Shô (spin-off) Natássia do País do Gelo, Poseidon, Hades (Santuário, Inferno e Elíseos) e Next Dimension. O Episódio G Assassino (spin-off) pode ser encaixado após a Saga de Hades também. O mangá da série Ômega (volume único), em hipótese, encaixar-se-ia após next Dimension.

Next Dimension:

Saint Seiya: Next Dimension - O Mito do Rei das Trevas conta duas histórias: uma pré-sequência sobre a Guerra Santa contra Hades, em 1743, e a continuação canônica da série clássica (mangá original) em 1990. Oficialmente, Next Dimension é continuação conforme as regras do mangá original de Saint Seiya.
Preliminarmente, o mangá caminharia em paralelo ao mangá Lost Canvas, entretanto esse fato acabou se perdendo com o decorrer dos anos e com a falta de regularidade do mangá.

Dublagem:

Hermes Baroli é o dono da icônica voz brasileira de Seiya. Formado na Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo, Baroli coordena o curso de especialização em dublagem em um estúdio no qual é sócio. Tendo trabalhado com vários desenhos japoneses que vieram na onda de Cavaleiros do Zodíaco, como Shurato (Leiga), Sailor Moon (Kelvin e Nicolas), Dragon Ball (Mestre Turu) e Pokemón (Vingador Mascarado), nosso dublador também é diretor de dublagem de "A Lenda do Santuário".

Letícia Quinto, a mulher que dá voz à deusa Atena Saori, atuou em todos os desenhos de Hermes Baroli listados acima, com exceção de Pokemón. Ela também é bastante requisitada na indústria cinematográfica, emprestando sua voz, recorrentemente, a diversas atrizes de sucesso como Anne Hathaway, Kirsten Dunst, Natalie Portman, Jessica Alba e Katherine Heigl. Sua carreira de sucesso como dubladora teve início em 1988 e, certamente, teve como influência seu padrasto... Gilberto Baroli! Isso mesmo, curiosamente, ele também é um "Baroli". A curiosidade por trás da dublagem de Os Cavaleiros do Zodíaco (e talvez o segredo do entrosamento do elenco de vozes) é familiar. O experiente intérprete e diretor de dublagem, pai de Hermes e padrasto de Letícia, é dono de uma potente e conhecidíssima voz, comumente emprestada a vilões. Em Cavaleiros do Zodíaco, ele foi também diretor de dublagem e escalou quase todos os dubladores da série com exceção de Hermes e Letícia, que já haviam sido escalados previamente. Além disso, dublou quatro personagens: Ares, Dócrates e os dois Cavaleiros de Gêmeos, Kanon e Saga. Aliás, há um vídeo muito divertido na Internet em que os Baroli interpretam os rivais Saga e Seiya.

Nossos dubladores tiveram ainda mais reconhecimento devido aos seus incríveis trabalhos em Cavaleiros do Zodíaco, na qual souberam transmitir com fidelidade e emoção as falas dos personagens, tornando a trama ainda mais interessante. Graças às vozes dadas aos cavaleiros, pudemos vivenciar cada momento da série de forma única e icônica.

Não deixe de conferir nossas outras matérias sobre o mês do orgulho nerd:

Mês do Orgulho Nerd: Star Wars
Mês do Orgulho Nerd: Tolkien e sua Obra
Mês do Orgulho Nerd: Star Trek
Mês do Orgulho Nerd: MCU

Postar um comentário

1 Comentários

Emoji
(y)
:)
:(
hihi
:-)
:D
=D
:-d
;(
;-(
@-)
:P
:o
:>)
(o)
:p
(p)
:-s
(m)
8-)
:-t
:-b
b-(
:-#
=p~
x-)
(k)