HQs: Conhecendo mais sobre o Doutor Estranho



Apesar da notoriedade e de sua importância, Stephen Vincent Strange, o Doutor estranho, tem baixa popularidade entre o público. Isso por si só impediu-o e muito de ser um dos símbolos da empresa, a despeito de seus vastos poderes, influência e de sua decisiva participação na definição nos rumos das histórias. A criação do Mago Supremo deu-se em meados de 1963 por Stan Lee e Steve Ditko, tendo muita relação com o período de Paz & Amor que os Estados Unidos atravessavam, além de ser a época da contracultura e do Festival Woodstock. Assim, toda a interferência mística e esotérica daquele período está presente nas aventuras e nas características físico-emocionais de nosso herói.

Strange era um brilhante e arrogante médico, tendo se tornado neurocirurgião por influência de seu Pai. Em um triste episódio, após um acidente com seu carro, nosso protagonista perde o controle do movimento de suas mãos e fica gravemente ferido. Na busca por uma cura, ele viaja ao Tibete, onde conhece o Ancião, figura que decide treiná-lo nas artes místicas ao ver seu potencial mágico. Seus poderes são potencializados quando o nosso Mago Supremo se apossa do Olho de Agamotto, um amuleto que aperfeiçoa seus dotes mágicos, da Capa de Levitação, do Livro de Vishanti, dentre outros. A essa altura, desponta o Doutor Estranho visto nas telas de cinema. Conforme comprovado, sua fama de Mago Supremo é muito bem justificada nos quadrinhos ao utilizar seu poder para transcender dimensões, derrotar demônios e aplicar feitiços fora do nexo pseudocientífico comum aos demais heróis. Assim como seus oponentes também seguem a mesma linha de habilidades metafísicas, tais quais os demônios e as entidades Dormammu, Mephisto, Set e Shuma-Gorath, ou outros feiticeiros como Adaga de Prata, Xandu e Barão Mordo (possível vilão do próximo longa).

Ainda que seja tão poderoso (até mais do que a Feiticeira Escarlate), nosso protagonista tem seus pontos fracos como não possuir fortes defesas, depender muito de sua voz e mãos ou do plano astral, o que deixa o corpo vulnerável quando seu espírito é projetado para outras dimensões. Dentre suas importantes participações no universo Marvel, pode-se destacar sua atuação no grupo chamado Iluminati, composto pelas mais brilhantes mentes entre os super-heróis. Junto a Tony Stark, Reed Richards, Professor Xavier, Namor e Raio Negro, foram tomadas escolhas importantes que tanto guiaram como arruinaram esse universo. Um exemplo disso é o envio de Hulk, o Gigante Esmeralda, para fora do planeta após seu surto de fúria, o que gerou a ira de Banner na saga “Guerra Mundial Hulk”. Em meados dos anos 80, Strange adquirira um poder tão vasto que se tornou capaz de encarar entidades cósmicas e seres abstratos como Adam Warlock em posse da manopla do infinito e o próprio Tribunal Vivo. Após esse período, contudo, seu potencial foi reduzido exponencialmente, apenas recuperando-o em sua totalidade recentemente.

Tratando-se da vida amorosa de nosso herói, ele se apaixona por Clea, poderosa feiticeira da
Dimensão Negra e sobrinha de Dormammu, cuja missão era espionar o Mago Supremo para enviar informações sobre ele ao seu tio. Entretanto, ela passa a admirar o Doutor Estranho e o alerta acerca dos propósitos maléficos aos quais servia. Assim, ela é aprisionada pelo vilão em outra dimensão, mas o Ancião a resgata e a envia à Terra, onde dá início ao seu romance. Merece destaque também o servente Wong, mestre em artes marciais, que treinou Strange no combate corpo-a-corpo e se tornou seu fiel parceiro e verdadeiro amigo.


Mesmo o Doutor Estranho sendo tão importante e poderoso no universo Marvel com participações especiais em várias sagas nos quadrinhos, após os anos 70, poucas histórias próprias do herói foram publicadas, sendo as de maior relevância as sagas de origem: "A Saga da Eternidade", "O Juramento" e "Shamballa". O Mago Supremo também sempre é lembrado no mundo dos games, tendo participado de jogos como Marvel: Ultimate Alliance, Ultimate Marvel Vs Capcom, Lego Marvel: Super Heroes, entre outros.

Desde 2016, ano do lançamento do primeiro filme, o herói vem angariando cada vez mais fãs com suas participações em outros filmes da produtora, como Vingadores. Por conseguinte, a Marvel até mesmo voltou com o título mensal do herói. O início das gravações para o segundo filme do feiticeiro está previsto para Junho de 2020 e a estreia do longa para Maio de 2021. Pelos poderes de Vishanti, que venham mais misticismo e magia para nós, fãs do Estranho!

Postar um comentário

0 Comentários