Chrono Trigger - Um Clássico Nunca Morre - Revista Jovem Geek

GeekNews

Revista Jovem Geek

O lado NERD da força.

terça-feira, 12 de março de 2019

Chrono Trigger - Um Clássico Nunca Morre



O ano é 1995. Fernando Henrique Cardoso tomava posse da presidência do Brasil; um terremoto em escala 7,3 no Japão deixava centenas de mortos; o Yahoo foi criado; a Microsoft lançou o Windows 95; os integrantes de Guns N’ Roses se separaram; os Trapalhões encerraram o programa. Outro evento marcante que revolucionou o mundo dos jogos: o lançamento de Chrono Trigger.

Considerado um dos melhores jogos de RPG do console Super Nintendo, o jogo está comemorando neste 11 de março, 24 anos de lançamento, e conquista fãs até os dias de hoje. O game foi ganhando cada vez mais espaço, se atualizando com lançamentos de versões aprimoradas para os novos consoles – em 1999 ganhou uma versão para PlayStation, em 2008 saiu uma versão com cenas extras para Nintendo DS e recentemente ganhou versões para computador, Android e iOS. O público não para de pedir por mais Chrono Trigger!

O jogo conta a história de um jovem espadachim chamado Crono que, com a ajuda da cientista Lucca, precisam resgatar uma princesa que acaba voltando no passado do seu reino, dando início a uma série de fatores que influenciam as linhas temporais do futuro. Sobra para Crono e os amigos conquistados ao longo da aventura resolverem o assunto. No decorrer da trama, você precisa ir e voltar no tempo para encontrar itens raros, desencadear eventos importantes ou até mesmo encontrar personagens importantes.

Apesar da jogabilidade padrão vindo de seu antecessor Final Fantasy, o jogo trás belos gráficos, uma história cheia de dramas, múltiplos finais que são influenciados de acordo com seus feitos no decorrer do enredo, personagens carismáticos e uma trilha sonora considerada uma obra prima – que rendeu um CD triplo no Japão e é considerada até hoje uma das trilhas sonoros de videogame de maior sucesso do mundo.

O jogo reúne uma fã base grande, com jogadores novos e antigos. Alguns acabam dedicando uma parte de seu tempo para homenagear esta obra, como é o caso de Saulo Haikal – conhecido também como Oi Saulo – músico e publicitário, 35 anos, mineiro de berço, paulista de coração, que a oito anos criou uma página para unir os fãs de Chrono do Brasil – Chrono Trigger dos Chroneiros.

Saulo conta que a ideia foi de juntar todos que gostam do game para trocarem figurinhas. “[...] Tem uma galera muito talentosa que desenha fanarts, interpretam as canções com outras roupagens, criam teorias que aprofundam a história. A página é um jeito de não só juntar essa galera, como também de mostrar as coisas incríveis que eles estão criando.” Conta, em entrevista. Saulo criou também um canal no YouTube – OiSaulo – onde ele estreou jogando com o seu game predileto.

O músico conta com uma coleção invejável do jogo, tendo várias edições raras de todo canto do mundo. A primeira foi uma edição especial lançada antes do jogo sair, ganhada através de um sorteio que a empresa japonesa fez. Apenas duas mil pessoas possuem essa versão.

Quando perguntado qual ponto o atrai até hoje, a resposta foi difícil: “Eu tenho que dizer só um? A trilha sonora é linda!” Ele afirma, depois dizer que, apesar de ser uma disputa bem acirrada, Chrono ainda ganha o primeiro lugar de jogos que estão no seu coração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário