Game of Thrones S08E01 - Review - Revista Jovem Geek

GeekNews

Revista Jovem Geek

O lado NERD da força.

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Game of Thrones S08E01 - Review

ALERTA SPOILERS


SOCORRO! Game of Thrones voltou esse domingo (14) e estamos surtando! Foi um episódio de reencontros, começamos com Jon retornando ao Norte acompanhado de nossa queridíssima rainha Daenerys. Mas, o melhor reencontro de todos foi a Arya e o Jon. Cara, considerando toda a trajetória da Arya durante as sete temporadas e todas as tretas que ela passou pra se reunir com a família, aquele abraço deles foi um abraço nos nossos corações, né? Fiquei tão feliz por ela. Super fofos!

Porém, como é GoT e nem tudo pode ser flores, as tensões entre Dany e Sansa estão um pouco ásperas. ("Você abriu mão da coroa pra salvar o Norte ou porque você a ama?") Sansa tem o Norte como prioridade, é seu povo, sua casa, e ela precisa se preocupar com eles, mais do que com se curvar para uma dita cuja rainha que ela nunca vira na vida. Só que a Não-Queimada não pensa assim, e nós sabemos bem de sua reputação em matar quem se recusa a ajoelhar pra ela... E falando nisso, lembram da família Taryl? Quando ela conta pro Sam que matou seu pai e irmão e ele tenta segurar o choro na frente dela??? Gente, eu senti RAIVA. Quis abraçar o Sam e dizer que ia ficar tudo bem, achei maldade. E isso pode vir contra a Daenerys no futuro, quando, talvez, a lealdade do povo do Norte seja posta em questionamento. 

A Cersei, a dona da p*rra toda, faz uma aparição tão singela nessa episódio que cheguei a sentir falta. Ela só aparece pra nos proporcionar um meme ("Não tem elefantes???") e levantar a questão: será que ela está mesmo grávida, e se sim, como ela vai lidar com essa criança cujo pai é ao mesmo tempo o tio e não pode assumi-la? 

Será que a temporada demorou dois anos por causa da cena do voo dos dragões? Não duvido! Mas, pessoalmente, não curti muito. O relacionamento deles ficou sem química, meio comédia romântica teen "eu gosto dela mas os dragões têm ciumes". 

Outra parcela importantíssima são os Greyjoy que fizeram uma participação considerável. A maravilhosa Yara é libertada das mãos do tio Euron pelo seu irmão Theon e assume o navio novamente, retomando seus planos de servir a Mãe dos Dragões, enquanto Theon retornará para o Norte para lutar com os Stark. 

E o desfecho que todo mundo estava esperando: Bran e Sam contando pro Jon a verdade sobre ele próprio. Digamos que Jon não aceita muito bem, acho que ele ficou em negação. Quem não ficaria depois de viver a vida toda sob uma verdade e depois descobrir que seu pai te enganou o tempo todo? Ele diz "A Daenarys é a rainha, isso seria traição" como se só aceitar isso fosse mais fácil, mas também da pra sentir que ele está pensando como desafiar a mulher que ele ama. Então vamos aguardar o próximo domingo pra entender como eles vão lidar com isso. 

Por fim, as melhores cenas do episódio (eleitas por mim): quando o exército do norte está procurando white walkers e duas tropas se encontram: "Cuidado, ele tem olhos azuis!" "Eu sempre tive olhos azuis!". Foi o momento comédia do episódio. E o minuto final quando Jamie chega a Winterfell e dá de cara com Bran, vai dizer se esse não foi o comeback mais irônico da série? Karma tarda 8 temporadas mas não falha.

E aí, conta pra gente o que você mais gostou e o que você está esperando do próximo episódio? Estou sedenta por aquela conversa da Sansa e da Dany e pelo discurso dela sobre o Jamie. Será que é agora que ele morre? Ansiosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário