Você precisa ler “Preces e Mentiras” - Revista Jovem Geek

GeekNews

Revista Jovem Geek

O lado NERD da força.

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2019

Você precisa ler “Preces e Mentiras”

Resultado de imagem para livro preces e mentiras



O livro “Preces e Mentiras”, lançado pela Editora Novo Conceito em 2012 e escrito pela autora e editora Sherri Woods, conta a história fascinante sobre uma família tentando se manter unida em meio a muitos problemas. 

“Quando Bethany, de 7 anos, conhece sua prima de 6 anos, Reana Mae, é o começo de uma relação desajeitada que salva ambas de uma solidão profunda. Todo verão, Bethany e sua família vão de Indianápolis para West Virginia. Para a mãe de Bethany, essas viagens até lá a lembram de sua infância pobre próxima às minas de carvão, um lugar do qual ela desejou escapar. Mas seus amados familiares e a amizade de Bethany e Reane Mae continuavam trazendo lembranças.

No entanto, conforme Bethany cresce, percebe que a vida nessa comunidade pequena e unida não é tão simples quanto pensava… que as cabanas na beira do rio, que guardam muito da história de sua família, também geram fofocas escandalosas… e que aqueles mais próximos a ela guardam segredos inimagináveis. No meio das florestas densas e da beleza silenciosa do vale, esses segredos estão finalmente sendo revelados, com uma força suficientemente devastadora para acabar com vidas, fé e com a ligação que Bethany pensou que duraria para sempre.

Abrangendo quatro décadas, o livro de Sherri Woods é um romance assombroso e cativante sobre eventos inesperados, às vezes chocantes, que nos impulsionam para a vida adulta – e a conexão que sempre nos deixa amarrados ao passado” (Sinopse do livro).

Todo o livro se passa na visão de Bethany, ela é tão bondosa e preocupada com aqueles que a cercam que se vê puxada para os problemas de Reana Mae, apesar da pouca idade tenta entender o máximo que consegue sobre o que acontece com a família da prima e de alguma forma reconfortá-la, conforme os anos passam e as duas vão aprendendo mais sobre a vida os obstáculos só se tornam maiores e juntas precisam vencer cada um deles. Porém, enquanto Bethany tem o apoio de pais que estão sempre presentes em sua vida, tudo que Reana tem é uma família desestruturada com uma mãe cruel e um pai ausente. Nas 360 páginas, a mãe de Reana não é nada além de egoísta e desesperada por satisfazer seus caprichos sem se importar com os sentimentos alheios, por mais que você tente ter empatia por ela é praticamente impossível e o mais triste é que ela é a realidade de muitas crianças, já que nem sempre os pais são o antro de amor incondicional para os filhos. 

O livro é sobre sobrevivência em um mundo no qual a crueldade é constante e todas as pessoas acabam sendo expostas a isso em algum momento, no entanto, é também sobre o amor em todas suas facetas: amor de família, amigos, vizinhos, um amor que pode destruir ou levantar. Emmons coloca em seu livro, antes de iniciar o primeiro capítulo, algumas linhas que resumem perfeitamente a história: “A bíblia diz que os pecados dos pais são carregados pelos filhos até a décima sétima geração. Mas eu acredito que são as filhas que suportam o peso dos pecados da maioria das famílias. Pelo menos é assim na minha família”, dessa forma a autora mostra que não é uma leitura fácil, é uma leitura nua e crua sobre as repercussões que as ações de uma pessoa pode ter em várias gerações, mas, ao mesmo tempo, é uma leitura sobre o poder do perdão e de seguir em frente apesar de todas as dificuldades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário